Campeão japonês de sumô testa positivo para covid-19

·1 minuto de leitura
O campeão de sumô Hakuho, em janeiro de 2017

O maior campeão de sumô japonês, Hakuho, testou positivo para covid-19, confirmaram nesta terça-feira as entidades que administram o esporte no Japão, que registra um aumento dos contágios pouco antes do início de um campeonato.

Hakuho, 35 anos, ocupa a maior posição de yokozuna e tem o recorde histórico de 44 vitórias no torneio. O campeonato de janeiro começa no próximo domingo.

Ele testou positivo depois de relatar que perdeu o olfato, segundo a imprensa.

Até o momento não foi tomada nenhuma decisão sobre sua participação no torneio, indicou a Associação Japonesa de Sumô (AJS). Os outros lutadores de sua equipe ("heya") que tiveram contato com ele também foram submetidos a testes.

O yokozuna de origem mongol, que se naturalizou japonês em setembro de 2019, não disputou os últimos dois torneios, dos seis que são organizados por ano, devido a uma lesão.

Os contágios de covid-19 aumentaram nos últimos meses no mundo fechado do sumô. Onze membros de outra heya testaram positivo na semana passada.

Um lutador de sumô faleceu vítima de covid-19 em maio do ano passado.

A AJS tomou a decisão excepcional de cancelar o torneio de maio, o que aconteceu pela terceira vez na história do sumô.

O sumô não é uma modalidade olímpica, mas os contágios de covid-19 são um sinal negativo a poucos meses dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, adiados para 2021 devido à pandemia.

amk-mac/ras/roc/af/rsr/fp