Campeão em 2013, Paulinho aciona Flamengo na Justiça por pensão alimentícia da filha

·2 min de leitura


O Flamengo foi acionado na Justiça pelo ex-atacante do clube Paulinho, que foi campeão com o Rubro-Negro em 2013 da Copa do Brasil. De acordo com o Uol, o jogador cobra um repasse de 15% do valor de sua rescisão contratual para pensão alimentícia para sua ex-mulher. O dinheiro, para cuidar da filha deles, não teria sido descontado no momento da rescisão.

+ Carioca 2022: saiba quando começa o estadual para o Flamengo

Mesmo quando esteve emprestado para o Vitória, em 2017, o valor dos ganhos deveria ter sido repassado por ser uma decisão na Justiça. Segundo o portal, os 15% foram enviados corretamente. No entanto, o impasse está no momento em que Paulinho deixou o Flamengo.

A mãe de sua filha deu entrada na Justiça cobrando de Paulinho a quantia. Por um lado, o jogador, que hoje atua no Rio Branco, do Espírito Santos, alega que o Flamengo era o único responsável pelo desconto. Ao todo, a dívida é de aproximadamente R$ 24 mil.

Paulinho foi um dos destaques do Flamengo na campanha que levou a Copa do Brasil. Depois disso, o atleta chegou a perder espaço no elenco e no coração dos torcedores por polêmicas extra-campo. Seu salário até então era R$ 160 mil. Com a rescisão, foram mais R$ 32 mil encaminhados pelo clube.

O Flamengo alega que não cometeu nenhum ato ilícito e se defende da intimação. O Rubro-Negro contesta os documentos exibidos por Paulinho e alega má-fé do atleta, que pode ser condenado a pagar a quantia.

A Justiça agora cobra o imposto de renda de Paulinho. Embora o jogador diga que não tenha declarado nos últimos anos por não ter rendimentos suficientes, o Flamengo aponta uma suposta ocultação de patrimônio. A Justiça quer saber quando o atacante ganha em direitos de imagens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos