Campeão da Libertadores, Diego Ribas fala sobre racismo e o papel social dos jogadores no Bola da Vez

Matheus Costa*
LANCE!


Campeão da Libertadores 2019 e tricampeão brasileiro por Santos e Flamengo, Diego Ribas é o Bola da Vez desta semana. No programa apresentado por André Plihal e com a presença de Mauro Cezar Pereira e Chico Bosco, do canal GNT, o meia da equipe rubro-negra falou sobre racismo e também sobre o papel que os jogadores de futebol podem desempenhar além das quatro linhas. A atração vai ao ar neste sábado, às 22h, na ESPN Brasil.

Durante o programa, o camisa 10 e capitão do Flamengo disse que é importante que os grandes atletas entendam o contexto social que vivenciam e se posicionou sobre as discussões recentes relacionadas ao racismo.

- O que eu tento fazer é conversar para ver como eu posso ajudar, contribuir para que nós possamos ter o mesmo direito. E é mais ou menos o que eu faço na minha vida, o que eu puder ajudar e contribuir para que tenha uma igualdade entre todas as pessoas, eu vou sempre fazer - afirmou.

O meia também falou sobre a relevância que os jogadores de futebol possuem na sociedade e chamou atenção para a importância de seus colegas de profissão se posicionarem perante às questões sociais,

- Nós podemos e devemos nos posicionar de forma mais categórica, porque somos referência. E dentro desse pacote de ser um jogador profissional famoso vem a obrigação social. Em alguns momentos ela pode até incomodar, mas faz parte da nossa vida. E cada vez mais os jogadores estão informados, influentes e precisam se posicionar de forma mais firme em momentos delicados - complementou

*Estagiário, sob supervisão de Tadeu Rocha.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também