Campeão da Libertadores, argentino é inspiração para Felipe Melo

Fellipe Lucena

Um jogador que voltou da Europa para conquistar a Copa Libertadores serve de inspiração para Felipe Melo, volante que comandará o meio de campo do Palmeiras mais uma vez nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Peñarol (URU), no Allianz Parque. Trata-se de Juan Sebastián Verón, que hoje tem 42 anos e é presidente e atleta do Estudiantes (ARG), clube dos seus amores.

- Eu gostava muito do Verón. Para mim sempre foi um jogador referência, sabe? Ele jogou em clubes de menos expressão, digamos assim, na Europa, brilhou e foi para clube grande, onde brilhou também. Sem contar o que ele fez pela seleção da Argentina, pelo país. Para mim sempre foi fenômeno - diz Felipe.

Embora tenha trajetória até certo ponto semelhante à do argentino, Felipe Melo se espelha nele por sua maneira de jogar.

- Eu procuro errar o mínimo de passes possível, como o Verón. Acho que o grande diferencial dele é que não era um jogador caranguejo, que só toca para trás. Ele tocava para a frente. Hoje você vê muito centrocampista que se limita a tocar para o lado e para trás. Me espelhei no Verón porque tanto em passe longo quanto curto tinha muita eficiência - explicou o palmeirense.

Felipe Melo provavelmente se referiu a Verón no passado pela força do hábito, já que o argentino se aposentou em 2014. Mas "La Brujita", como é conhecido, voltou a jogar neste ano e inclusive está inscrito na Libertadores pelo mesmo Estudiantes pelo qual iniciou a carreira no início da década de 1990 e foi campeão da Libertadores em 2009. Isso depois de passagens por Sampadoria, Parma, Lazio e Inter, na Itália, e por Manchester United e Chelsea, na Inglaterra.

Já Felipe Melo, revelado pelo Flamengo no início da década de 2000, está de volta ao país após passar por Mallorca, Racing Santander e Almería, na Espanha, Galatasaray, na Turquia, e por Fiorentina, Juventus e Inter, na Itália.

Os dois têm participações em Copas do Mundo no currículo. Verón defendeu a Argentina em 1998, 2002 e 2010. Nesta última edição, Felipe Melo foi titular da Seleção Brasileira.











E MAIS: