Campeão da Copa do Brasil de 2004 é preso após jogo por não pagar pensão

FÁBIO ALEIXO

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Campeão da Copa do Brasil em 2004 com o Santo André, o atacante Makanaki foi preso no último domingo (12) por não pagar pensão alimentícia para sua ex-esposa. A prisão ocorreu após a partida entre Votuporanguense e Guarani pela Série A2 do Campeonato Paulista na cidade Votuporanga.

Makanaki entrou no segundo tempo da derrota por 1 a 0 e de lá foi conduzido para a delegacia da cidade. Depois foi conduzido para a cidade de Guarani D'Oeste - a 61 quilômetros de distância - onde cumpre pena preventiva de 30 dias. As informações foram publicadas pelo jornal A Cidade ​e confirmadas pela reportagem.

A dívida do jogador de 33 anos é de cerca de R$ 110 mil segundo a reportagem apurou e ele não dispõe desta verba para fazer o pagamento imediato.

O advogado do atleta já está tentando tirá-lo da prisão, mas o primeiro pedido de habeas corpus foi negado. Um novo deverá ser feito nos próximos dias.

Procurado pela reportagem, o presidente do Votuporanguense, Marcello Stringari, confirmou que o atleta não está com o elenco no momento. Ele entretanto afirmou que o clube não se manifesta sobre questões pessoais de seus jogadores.

Makanaki foi contratado neste ano pelo Votuporanguense. Ele coleciona passagens por diversos clubes, como São Bento, Taubaté e Água Santa.