Campeão do BJJ Stars, Felipe Preguiça destaca evolução no seu Jiu-Jitsu como diferencial em suas lutas

·2 minuto de leitura


Para se tornar um grande campeão no Jiu-Jitsu e manter o alto nível, você precisa estar em constante evolução. E é nesse ponto que o faixa-preta Felipe Preguiça investe e se destaca. Campeão dos pesados do BJJ Stars, o mineiro de Belo Horizonte sempre foi conhecido por sua mortal pegada pelas costas, mas vem apresentando novas armas em seu jogo. Foi assim na última edição do BJJ Stars, realizado no dia 26 de junho em São Paulo, quando Preguiça defendeu o cinturão contra Patrick Gaudio e saiu com a vitória com um estrangulamento pelas costas após abrir 9 a 2 no placar.

“O Patrick é um cara muito forte e aguerrido. Senti que ele estava bem preparado. Nós já tínhamos lutado três vezes e eu tinha conseguido finalizar uma dessas lutas no arm-lock, mas isso já tinha muito tempo e foi em uma luta sem kimono. Mas, o que fez diferença nessa luta foi a evolução do meu Jiu-Jitsu. Tenho trabalhado bastante estabilização, ajuste… Eu sempre fui muito conhecido por ter um ataque bom de costas, mas nem tanto cem quilos e montada, e eu tenho trabalhado bastante isso. Hoje eu considero a minha montada e o cem quilos tão eficiente quanto a minha pegada pelas costas. Acho que isso fez uma grande diferença ali na luta”, explicou o casca-grossa.

Campeão Brasileiro, Europeu e o Mundial, além do prestigioso ADCC, maior evento de luta agarrada do mundo, Preguiça tem uma agenda cheia para o resto do ano, mas está na expectativa de defender o cinturão do BJJ Stars ainda este ano. “Eu não sou o tipo de atleta que gosta de ficar escolhendo luta. Se for em uma data boa, pretende sim colocar o cinturão em jogo contra qualquer um que o evento escolher e achar que será um luta boa para o público assistir, e eu estarei lá preparado para manter esse cinturão”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos