Campanhas e quem decidiu: a trajetória dos três títulos do Flamengo na Copa do Brasil

O Flamengo encara o Cruzereio nesta quarta-feira(27), em busca do quarto título da Copa do Brasil. Desde a primeira edição, o clube Rubro-Negro já faturou três títulos e fizemos uma viagem no tempo para relembrar essas conquistas.

1990

Flamengo Copa do Brasil 1990

(Foto: Reprodução / Internet)

O primeiro trófeu veio em 1990, depois de uma década vitóriosa em 80, o Flamengo começava mais uma década mostrando a sua força. A Copa do Brasil era uma competição nova e reunia clubes de todas as divisões do futebol brasileiro. 

A trajetória do clube da Gávea começou contra o Capelense, de Alagoas e apenas 188 pessoas presenciaram a vitória Rubro-Negra. Também pudera, naquele momento Inglaterra e Egito se enfrentavam pela Copa do Mundo daquele mesmo ano.

Sob o comando do técnico Jair Pereira, o Flamengo tinha uma equipe mesclada entre jovens promissores como Djalminha e atletas mais experientes como Zinho. O Rubro-Negro venceu o adversário por 5 a 1 e seguiu a sua campanha.

Na sequência da competição, a equipe passou pelo Taguatinga, do Distrito Federal, pelo Bahia e derrotou o Náutico na semifinal. A grande decisão foi contra o Goiás, com o primeiro jogo em Juiz de Fora e o segundo no Serra Dourada.

Apesar do zagueiro Fernando ter marcado o gol na primeira partida, o grande nome da conquista foi mesmo o do goleiro Zé Carlos que parou o ataque esmeraldino comandado por aquele que se tornaria Túlio Maravilha. 

2006

Flamengo Copa do Brasil 2006

(Foto: Getty Images)

Depois de anos sofridos lutando contra o rebaixamento e bem longe da glória da década de 80 e início dos anos 90, o Flamengo voltava ao cenário nacional em grande estilo. Na campanha, nas primeieras fases o time Rubro-Negro passou pelo Asa de Arapiraca, pelo ABC de Natal e Guarani.

Nas quartas, encarou o Atlético-MG e aplicou uma goleada de 4 a 1 logo na primeira partida, o que garantiu a classificação mesmo empatando em 0 a 0 o segundo jogo. Na semifinal o time carioca derrotou o Ipatinga, sensação do torneio.

Para a grande final, uma surpresa, a diretoria Rubro-Negro demitiu o técnico Waldemar Lemos e contratou Ney Franco, até então comandante do Ipatinga. Com o Vasco, maior rival pela frente, o novo treinador acabou mexeu pouco no time mas o suficiente para surpreender o adversário.

Com gols de Obina e Luizão, o Flamengo venceu a primeira partida e garantiu o título com um golaço de Juan, de fora da área, no segundo jogo. O lateral marcava ali, o gol mais importante da sua carreira.

2013

Hernane Flamengo x Botafogo 2013

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Novamente após uma série de resultados ruins, o Flamengo faturou a Copa do Brasil quase como um consolo a sua torcida que vinha sofrendo durante os últimos anos. Nas primeiras fases a equipe passou por Remo, Campinense e Asa de Arapiraca.

Nas oitavas de final, talvez o confronto mais difícil. Pouca gente acreditava que o time irregular do Flamengo fosse capaz de passar pelo todo poderoso Cruzeiro. No primeiro jogo, no Mineirão, os carioca foram derrotados por 2 a 1, mas o golzinho marcado por Carlos Eduardo encheu a torcida de esperança.

No jogo da volta, diante de um maracanã lotado e ensurdecedor, Elias foi o responsável por garantir a classificação aos 43 do segundo tempo. Nas quartas, um empate e uma golaeda em cima do Botafogo de Seedorf e nas semis duas vitórias sobre o Goiás.

Na grande decisão, o Flamengo encarava o Atlético-PR, adversário perigoso principalmente pelo fato de raramente conseguir vencer na Arena da Baixada. Um empate no sul deixou a decisão para o Maracanã.

No Maraca, os dois principais nomes do Rubro-Negro naquela competição decidiram o título. Com gols de Elias e Hernanes, o Flamengo garantiu o tricampeonato da Copa do Brasil e fechou o ano em grande estilo.