Camisa de Carl Nassib assume liderança em vendas da NFL após jogador se assumir gay

·1 minuto de leitura


O defensive end Carl Nassib, do Las Vegas Raiders é o primeiro jogador da história da NFL a se declarar gay. Após o anúncio realizado na última segunda-feira, sua camisa número 94 desbancou astros da modalidade e assumiu a liderança em vendas da NFL. A informação foi dada pelo repórter norte-americano Adam Schafferd.
+ Confira a classificação do Brasileirão 2021!

Na loja oficial da NFL, o uniforme de Carl Nassib é vendido a US$ 120, cerca de R$595. A camisa do jogador é a mais vendida dos últimos dois dias.

O comunicado de Nassib também anunciou a doação de 100 mil dólares (cerca de R$ 500 mil) ao Trevor Project, que auxilia na prevenção de suicídios a jovens LGBTQ nos Estados Unidos.

- Olá, galera. Estou em minha casa em West Chester, Pennsylvania. Queria apenas rapidamente tirar um momento para falar que sou gay. Eu estive pensando em fazer isso por um tempo e finalmente me sinto confortavelmente para tirar isso do meu peito. Eu realmente tenho a melhor vida, melhor família, melhores amigos e melhor trabalho que um cara poderia ter. Eu sou uma pessoa bastante reservada então espero que vocês saibam que não faço isso por atenção. Eu apenas penso que representação e visibilidades são importantes. Eu espero que um dia vídeos como esse e todo esse processo de ‘sair do armário’ não sejam necessários. Mas até lá eu vou fazer meu melhor e minha parte para cultivar uma cultura de aceitação e compaixão. E vou iniciar isso doando 100 mil dólares para o Trevor Project. Eles são uma organização incrível, são o serviço número 1 na prevenção de suicídios entre jovens LGBTQ nos Estados Unidos – disse Nassib.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos