Cambistas aproveitam treino aberto da Seleção para faturar

O treinamento aberto que a Seleção Brasileira realiza no Morumbi na tarde deste sábado não fez a alegria apenas de torcedores. Diante do estádio do São Paulo, horas antes de a atividade começar, cambistas aproveitaram para faturar.

A carga de 18.000 ingressos oferecida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) esteve disponível na bilheteria 3 do Morumbi na quinta-feira e na sexta-feira. Os bilhetes foram trocados por alimentos imperecíveis, com arrecadação revertida ao Fundo Social da Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussep).

Na mão de cambistas, um ingresso para o treinamento custava em média R$ 20 neste sábado. Também eram comercializadas capas de chuva, lanches e vagas de estacionamento, exatamente como ocorre em dias de jogo.

Muitos torcedores de aglomeraram em frente ao Morumbi desde o início da tarde, na expectativa pela chegada da Seleção Brasileira. Já dentro do estádio, o público se empolgou até com o aquecimento dos comandos do técnico Tite.

A euforia se justifica pelo bom início de trabalho do treinador que estava no Corinthians. Foram sete vitórias em sete jogos disputados nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, a última delas a goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai, na quinta-feira, em Montevidéu.

Na terça-feira, o Brasil, muito próximo da classificação matemática para o Mundial, enfrentará o Uruguai em Itaquera. As atividades de domingo e segunda-feira também serão na casa do Corinthians, mas sem a presença de torcedores – e de cambistas.