Camacho lamenta fase ruim do Santos e fala em 'levantar a cabeça'

·1 minuto de leitura


O Santos novamente foi derrotado no Campeonato Brasileiro. Sem vencer há cinco jogos na competição, o Peixe começa a se preocupar com o perigo do rebaixamento, o que aumenta a pressão para o técnico Fernando Diniz, questionado pelos torcedores.

"Santos é um time gigante, a pressão vem, não estamos ganhando. Hoje, mais uma vez, tivemos um momento de desatenção. Agora é trabalhar para sair dessa situação o mais rápido possível", disse ao Premiere o volante Camacho.

O jogador também comentou sobre a jogada em que o Santos sofreu o primeiro gol. Aos 4 minutos do primeiro tempo, em bola longa, o atacante Jonathan Cafu apareceu livre nas costas da defesa e conseguiu abrir o placar para o time mandante.

"Tomamos gol na jogada que treinamos a semana toda, não podíamos tomar. Corremos atrás, criamos chances até fazer o gol, mas eles vieram para cima e ficou um jogo de trocação. É uma fase difícil, complicada, temos que levantar a cabeça, trabalhar durante a semana e ganhar em casa para sair dessa situação", completou o volante.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

O Peixe volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado (11), mais uma vez às 21 horas, para iniciar o returno diante do Bahia, na Vila Belmiro. A pressão sobre os ombros do técnico Fernando Diniz vem crescendo após mais uma semana.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos