'Calma e conversa' foram as armas do Cruzeiro FA para vencer os Forgeds na semifinal da Liga MGFL Hinova

·2 min de leitura


No último domingo, 7 de novembro, Cruzeiro FA e Nova Serrana Forgeds fizeram uma grande partida, disputadíssima O duelo foi pela Raposa vencido nos erros do adversário. Com um começo melhor da equipe do interior do estado, os Forgeds viraram a primeira etapa na frente deixando a equipe da raposa preocupada com o jogo na segunda etapa. No entanto a equipe celeste soube reagir e buscou a vitória na segunda metade, levando assim o mérito e a vaga na final da competição enquanto a equipe de Nova Serrana fica com a disputa do terceiro lugar.

Um destaque pela partida que fez e também por toda sua liderança com a defesa do Cruzeiro FA, o defensor Igor Mota deu entrevista explicando como a defesa foi crucial para a vitória por 42 a 13 e explanando os pontos cruciais:

- Calma e conversa, os dois primeiros drives a gente tomou o TD (touchdown) pois havia um detalhe no ataque deles que a gente não viu, não achou em vídeos, mas aí não é demérito de ninguém, é muito mais mérito deles terem acrescentado isso no ataque deles-disse Igor.

Com três interceptações na partida, a equipe azul percebeu a sua força com a pressão no passe, forçando o quarterback adversário a lançar a bola de forma errada, Assim, gerando o retorno da posse para a equipe do Cruzeiro FA. As blitz tomaram conta da partida e com pressão seguida de marcação fechada na secundária, o DE Igor Mota ainda comentou:

- Depois do segundo drive, a gente entendeu o que estava acontecendo e falamos “bom, colocar solução agora”, e aí foi a hora que colocamos mais blitz, entendemos como estava vindo o sistema de bloqueio deles para a gente poder se armar para isso. Quando começou a entrar as jogadas da defesa a gente pensou “beleza, estamos no jogo”.

E desta forma a defesa atuou com legítima superioridade e conseguiu parar de forma concreta o ataque da equipe adversária. Ainda sobre o jogo, é com clareza que podemos afirmar que alguns jogadores da defesa se destacaram mais do que outros e fizeram a diferença para a vitória, sendo assim, o defensor citou alguns companheiros que brilharam na partida:

- O camisa 99 Messias foi muito bem fazendo o trabalho sujo, tirando a galera da frente para que eu conseguisse entrar nas blitz. O Bala jogou também muito bem também de linebacker. Na secundária o Giron foi muito bem como force player, o Caxa também quando entrou de forceplayer.

E assim a equipe terminou a partida. Vitória do Cruzeiro, jogadores felizes com o resultado, mas sabendo da responsabilidade e melhorar para enfrentar uma das principais equipes brasileiras, o Galo FA. O confronto que acontece no próximo dia 15 de novembro, no Sesc Venda Nova, e promete muita emoção como todo bom clássico deve ser.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos