Caiu! Técnico Geninho é demitido do Vitória


De maneira surpreendente, o Vitória anunciou no começo desta sexta-feira a demissão do técnico Geninho. Em seu lugar, a diretoria efetivou Bruno Pivetti, que vinha comandando a equipe desde a retomada dos trabalhos presenciais.

Em nota, o clube justificou que a dificuldade financeira agravada pela pandemia do coronavírus foi o grande motivo pela demissão. Além disso, por estar no grupo de risco, Geninho não se reapresento com o elenco na última segunda-feira.

Campanha Série B

O grande momento de Geninho neste retorno ao Vitória foi na Série B da última temporada. Diante dos resultados ruins dentro de campo e a falta de diálogo entre diretoria e elenco, o treinador colocou panos quentes na polêmica e acalmou os ânimos. A conseqüência foi a permanência da equipe na Segunda Divisão.

Convite do Avaí

Lembrando que, por conta da lealdade a diretoria, Geninho recusou no começo da temporada uma oferta do Avaí para assumir o futebol do clube catarinense.

Veja a nota do Vitória:

O Esporte Clube Vitória comunica que acertou amigavelmente nesta sexta-feira (19) o desligamento de Eugênio Machado Souto, o Geninho, e a efetivação de Bruno Pivetti como técnico até o final da temporada de 2020.

A decisão do afastamento de Geninho do comando técnico foi tomada em função da busca incessante da direção atual do clube pelo equilíbrio financeiro diante da grave situação herdada de gestões anteriores, agravada com a considerável perda de receitas ocasionada pela pandemia do coronavírus.

O EC Vitória agradece a Geninho pela conduta profissional em sua terceira passagem pelo clube e deseja boa sorte. O treinador chegou ao rubro-negro em setembro do ano passado.

Com a efetivação de Bruno Pivetti, o ex-zagueiro do clube, Flávio Tanajura, passa a ser o auxiliar principal do futebol profissional.
















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também