Na altitude, Internacional é derrotado pelo Always Ready

LANCE!
·3 minuto de leitura
Bolivia's Always Ready Fernando Saucedo (L) celebrates scoring against Brazil's Internacional during their Copa Libertadores football tournament group stage match at the Hernando Siles Stadium in La Paz on April 20, 2021. (Photo by MANUEL CLAURE / POOL / AFP) (Photo by MANUEL CLAURE/POOL/AFP via Getty Images)
Bolivia's Always Ready Fernando Saucedo (L) celebrates scoring against Brazil's Internacional during their Copa Libertadores football tournament group stage match at the Hernando Siles Stadium in La Paz on April 20, 2021. (Photo by MANUEL CLAURE / POOL / AFP) (Photo by MANUEL CLAURE/POOL/AFP via Getty Images)

O Internacional entrou em campo nesta quarta-feira, dia 20, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores. Sofrendo com a alta pressão e a altitude dos bolivianos, o resultado não foi positivo para os gaúchos. Isso porque o Colorado perdeu por 2 a 0.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Com o revés, o Inter segue com nenhum ponto e agora é o lanterna do Grupo B. O Always Ready, por outro lado, é o líder da chave. O Inter volta a campo pela Libertadores na próxima terça-feira, dia 27, às 19h15. O time recebe o Deportivo Táchira, no Beira-Rio. O Always Ready enfrenta o Olimpia no Paraguai na quinta-feira.

Leia mais:

COMEÇO DE PRESSÃO BOLIVIANA

Logo no começo do confronto o Internacional levou a pressão do Always Ready. O primeiro susto dos bolivianos foi aos 2, onde Sanguinetti mandou uma bomba. Marcelo Lomba voou para defender. 

Com os bolivianos em cima, o Colorado pouco criou, sofrendo com a postura agressiva dos adversários. A altitude também se tornou um problema, pois os erros de marcação e domínio ficaram cada vez mais marcantes.

TENTATIVA FALHA E EQUILÍBRIO

Aos 19, Juan Arce recebeu a sobra de Sanguinetti. Por pouco o meia não ampliou. Na sequência, os times ficaram mais equilibrados. Assim, o Inter sofreu menos com a pressão dos adversários. Além disso, a equipe conseguiu segurar mais a bola. Aos 41, Moisés cruzou, mas Caio Vidal cabeceou fraco. O goleiro do Always conseguiu ficar com a bola.

GOL DO ALWAYS

Com algumas trocas, o Inter continuou sendo os problemas da etapa anterior. Mas a situação dos brasileiros piorou aos 7. Saucedo recebeu na frente da área e chutou no ângulo direito de Lomba. O goleiro até tentou, mas não alcançou.

Atrás do marcador, o Internacional começou com um caminho de faltas, que resultaram em alguns cartões amarelos. Contudo, o jogo seguiu no 1 a 0.

DEFESA E TENTATIVA COLORADA

Aos 29, Marcelo Lomba mais uma vez salvou o Colorado. Ramallo recebeu nas costas de Cuesta e chutou. Marcelo Lomba defendeu novamente. Na sequência, Yuri Alberto teve a melhor chance de igualar o marcador. Mas a bola acertou a trave.

NÚMEROS FINAIS

Para encerrar o confronto, os bolivianos deram números finais já nos acréscimos. Zé Gabriel errou na saída de bola e entrou para Saucedo. O jogador acionou Algaranãz. O atacante fuzilou Lomba, fazendo o 2 a 0.

FICHA TÉCNICA​
ALWAYS READY 2 x 0 INTERNACIONAL

Estádio: Estádio Hernando Siles, em La Paz.
Data: 20 de abril de 2021, às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Nicolas Gallo
Assistentes: John León e Alexander Guzman
Cartões amarelos: Vander Vieira, Cummings, Algarañaz (Always Ready); Palacios, Heitor, Mauricio, Moisés (Internacional)
Cartões vermelhos:

GOL: Saucedo, aos nove, e Algarañaz, aos 49 minutos do segundo tempo (Always Ready).

Always Ready: Lampe; Machado (Enoumba), Cabrera, Cummings e Flores; Ramallo e Saucedo; Arce (Gallindo), Sanguinetti (Algarañaz) e Vander Vieira (Rodríguez); Ovejero (Mosquera). Técnico: Omar Asad.

Internacional: Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés (Rodine); Dourado, Edenilson (Praxedes) e Mauricio; Caio Vidal (Yuri Alberto), Thiago Galhardo e Palacios (Lucas Ribeiro/Nonato). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.