Cafu vê Miranda como capitão ideal e Tite no patamar de Guardiola

Capitão na conquista do penta e último brasileiro a levantar uma taça de Copa do Mundo pela Seleção, o ex-lateral Cafu já tem sua opinião de quem deve ser o seu possível sucessor na disputa do Mundial de 2018. Apesar de saber da filosofia de Tite de revesar os capitães durante os jogos, o ex-atleta escolheu seu nome ideal para levantar o troféu caso o Brasil conquiste o tão sonhado hexa.

“O Miranda. Ele tem estas características de capitão. É um cara que tem pulso firme, tem moral no grupo. Quando ele fala o grupo escuta. Acompanhei alguns jogos do Brasil e observei isso dele em relação aos jogadores. Ele é um dos nomes que pode assumir esta função na Seleção”, opinou o capitão do penta durante evento de apresentação da taça da Copa do Mundo de 2018.

No entanto, Cafu fez questão de elogiar a estratégia de Tite de manter a Seleção sem um capitão definitivo neste momento de formação de um grupo. “Neste momento é legal. É importante o rodízio. É até uma maneira de dividir as responsabilidades na Seleção Brasileira. Claro que em algum momento ele terá que determinar um capitão em competições oficiais. O capitão hoje em dia é um homem fundamental para a equipe. Ele é o elo entre o treinador e os jogadores, e o cara que fala pelo grupo”, declarou.

Os elogios ao técnico Tite, que teve um início surpreendente com a Seleção Brasileira, com sete vitórias em sete jogos oficiais, não pararam por aí. Para Cafu, o treinador já se encontra no mesmo patamar de grandes treinadores do futebol mundial, como Pep Guardiola e José Mourinho, e precisa somente de um título com o Brasil para superar os companheiros europeus.

“Sim (está no mesmo patamar). O Tite já mostrou isso quando era treinador do Corinthians e venceu diversos títulos. Guardiola, Mourinho, Tite são grandes treinadores. No entanto, nenhum deles teve o êxito de vencer um título por suas seleções. Se vencer um título, estará um passo a frente destes outros. Mas hoje está no mesmo nível”, afirmou.

Com a vaga na Copa do Mundo da Rússia muito próxima, podendo chegar já nesta terça-feira em caso de vitória sobre o Paraguai e uma combinação de resultados, Cafu mostra otimismo com a Seleção. Para o capitão do penta, o Brasil ganhou confiança desde a conquista do ouro nos Jogos Olímpicos e o embalo pelas grandes atuações leva a acreditar que a equipe canarinho é uma das favoritas ao título mundial.

“O Brasil tem 100% de chance de trazer a taça de campeão do mundo. A Seleção de hoje tem confiança e credibilidade. O título das Olimpíadas deu um novo ânimo para a Seleção retomar a confiança. Temos plenas condições de vencer novamente”, completou.

Especial para a Gazeta Esportiva*