Cada vez mais ídolo no Palmeiras, Dudu conquista o tri do Brasileirão


Entra ano, sai ano, e Dudu segue sendo o maior ídolo do elenco atual do Palmeiras. Não é à toa, são conquistas atrás de conquistas e uma identificação mútua, que já dura oito temporadas. Agora, com o título do Brasileirão-2022, ele se torna ainda mais ídolo e sem precisar carregar o time nas costas, como já teve que fazer anteriormente.

> Maior campeão do Brasil! Relembre todos os títulos nacionais do Palmeiras
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

Ainda em processo de renovação de contrato, já que o seu vai até dezembro de 2023, o camisa 7 tem futuro indefinido para depois do término de seu vínculo, mas isso não impediu que ele fosse decisivo em mais uma conquista pelo Verdão. Titular absoluto e peça insubstituível no time de Abel Ferreira, o atacante marcou golaços e deu assistências essenciais para a equipe garantir essa taça.

Mas não é a primeira vez que Dudu alcança o título brasileiro pelo Palmeiras. Desde 2015 no clube, quando chegou como a grande contratação daquele início de reconstrução alviverde, o "Baixola" somente aumentou sua idolatria junto aos torcedores e sua identificação junto ao clube. Tudo isso regado a conquistas.

Entre elas o Brasileirão-2016, o primeiro do clube depois de 22 anos. Dudu é o único do elenco atual que estava naquele título, no qual também teve participação decisiva e foi um dos protagonistas ao lado de Gabriel Jesus. Foram seis gols e dez assistências naquela edição.

Dudu
Dudu

Dudu celebra pelo Verdão em 2015 (Foto: César Greco/ Palmeiras)

Depois, em 2018, quando já era muito grande e o principal protagonista do time, além de ter a liderança técnica com Felipão, Dudu conquistou o bicampeonato brasileiro com o Alviverde. Foram sete gols marcados e 12 assistências, levando o prêmio de melhor jogador da competição de acordo com a votação da CBF.

Agora, em 2022, sem precisar ser aquele que carrega o time nas costas, como aconteceu em temporadas anteriores, Dudu pôde dividir a responsabilidade com outros companheiros, que permitiram a ele ser ainda mais decisivo, atuando em momentos pontuais. Mesmo assim, ele segue insubstituível para Abel Ferreira.

Na vitória sobre o Fortaleza por 4 a 0, no jogo que sacramentou a conquista nacional deste ano, o camisa 7 foi o autor de um belo gol de cobertura e de duas assistências, uma para Rony e uma para Endrick, seguindo como maior nome do Allianz Parque (maior artilheiro do estádio, com 38 tentos) e como um dos maiores da história palestrina.

Com o Brasileirão-2022, Dudu chega ao seu nono título pelo Palmeiras. São três brasileiros (2016, 2018 e 2022), uma Copa do Brasil (2015), dois Paulistas (2020 e 2022), duas Libertadores (2020 e 2021), além da Recopa (2022). O camisa 7 se iguala a Dudu (Olegário Tolói) e a Junqueira, ambos com nove títulos, e fica somente a dois de alcançar o maior de todos, Ademir da Guia, com 11 conquistas.