Cadê o VAR? Torcida do Grêmio se revolta com gol mal anulado contra o Del Valle; veja

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Libertadores sem polêmica? Utopia. Na noite desta sexta-feira (9), o Grêmio adentrou o gramado do Defensores Del Chaco para encarar o Independiente del Valle, partida originalmente programada para a última quarta-feira no Equador, mas realojada ao Paraguai em virtude dos testes positivos para Covid-19 no elenco tricolor.

O início de jogo foi altamente favorável ao Tricolor, com Diego Souza anotando um belo gol de cabeça para colocar o time brasileiro em vantagem. Contudo, o panorama mudou drasticamente após um lance crucial na reta final da primeira etapa: o atacante Ferreirinha recebeu grande passe de calcanhar de Diego e com uma linda cavadinha foi às redes, mas viu seu gol ser anulado de forma equivocada pela assistente Mariana de Almeida. Vale lembrar que não há tecnologia do VAR nas fases prévias da Libertadores, portanto, o lance não pôde ser revisado.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Obviamente, o lance gerou revolta nos torcedores gremistas nas redes sociais:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O que poderia ter virado um confortável 2 a 0 a favor, se transformou em um pesadelo para o Grêmio na segunda etapa: o Del Valle cresceu muito de produção e virou o jogo para 2 a 1, dois gols de Faravelli, sendo um deles de pênalti, este marcado de forma correta pelo árbitro Néstor Pitana (ARG). No lance da penalidade, o zagueiro Ruan acabou sendo expulso pelo segundo cartão amarelo.