Cadê o Orejuela? Como o colombiano foi de solução à 'problema' no São Paulo

·2 minuto de leitura

Após uma temporada enfrentando problemas com Igor Vinicius e Juanfran, o São Paulo resolveu investir no lateral-direito Orejuela. Com boas passagens por Cruzeiro e Grêmio, o colombiano de 25 anos chegou ao Morumbi no último mês de março para ser uma solução para o “buraco” na ala direita do Tricolor. A aposta, porém, não funcionou – ao menos até o momento.

Substituto de Juanfran, que deixou o SPFC e o Brasil, Orejuela desembarcou em São Paulo e logo foi direcionado ao departamento médico, já que precisava terminar a recuperação de uma lesão muscular. Sem condições, o lateral perdeu toda a 1ª Fase do Campeonato Paulista. Recuperado, o colombiano se deparou com outro obstáculo: Dani Alves, que voltou a atuar na lateral.

Orejuela disputou apenas 5 jogos com a camisa do São Paulo. | ERNESTO RYAN/Getty Images
Orejuela disputou apenas 5 jogos com a camisa do São Paulo. | ERNESTO RYAN/Getty Images

Com o lateral da Seleção Brasileira Olímpica em ótima forma, o colombiano precisou brigar em outras faixas do campo. Como tem características ofensivas e de velocidade, o lateral surgiu como alternativa na ponta e no meio de campo, o que também funcionou. Inscrito na fase final do Paulistão, ele continuou escanteado no Morumbi.

Orejuela, inclusive, demorou a estrear no São Paulo. Ele só entrou em campo com o manto do time em maio, quando o Tricolor enfrentou o Rentistas, do Uruguai, na Conmebol Libertadores. E foi bem: marcou um gol e teve uma boa atuação. Depois, porém, o lateral não conseguiu manter o nível e passou a acumular péssimas memórias – incluindo um gol contra na Copa do Brasil.

Orejuela vai ter as Olímpiadas para se firmar no São Paulo. | ERNESTO RYAN/Getty Images
Orejuela vai ter as Olímpiadas para se firmar no São Paulo. | ERNESTO RYAN/Getty Images

Após péssimas partidas e longo período no banco, o colombiano foi relacionado e jogou contra o Cuiabá, no dia 23 de junho. De lá para cá, o lateral foi encostado e sumiu até da relação dos jogos: já são quatro partidas sem aparecer sequer como suplente. Ele, inclusive, não apareceu como opção nem quando Dani Alves se machucou.

Desde que chegou ao São Paulo, Orejuela disputou apenas 5 partidas e marcou um gol. Conforme o ge, o lateral estaria enfrentando dificuldades para se adaptar ao novo clube.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos