Cabeça fria e pé quente! Decisivo na reta final, Gabigol completa 18 jogos sem levar o 3º amarelo no Brasileiro

LANCE!
·2 minuto de leitura


A tratar sobre a sua passagem pelo Flamengo, Gabriel Barbosa já poderia batizar o seu nome como Gabigoldecisivo. Depois das marcas históricas em 2019, nesta temporada, o atacante brilhou na "hora certa", chegou a seis gols nos últimos seis jogos e se tornou essencial para o Rubro-Negro estar a uma vitória do octacampeonato brasileiro. Mas, para isso, teve que adotar uma nova versão de si.

O modo "pilhado" teve que ser abrandecido para que Gabigol, após a partida contra o Internacional, no último domingo, completasse 18 jogos sem tomar cartão amarelo estando pendurado no Brasileiro. E foi diante do Colorado que ele marcou o sexto gol em seis jogos (um por jogo), justamente o que garantiu o triunfo de virada no Maracanã, por 2 a 1, pela 37ª rodada da competição.

+ ATUAÇÕES: Arrascaeta e Gabigol comandam vitória do Fla em 'final'

No Brasileirão de 2019, por exemplo, Gabigol levou 13 cartões amarelos, além de dois vermelhos, em 29 partidas realizadas. Na edição atual, sem contestar a arbitragem e entrar em discussões com adversários como outrora, são 24 jogos e apenas dois amarelos, pontualmente o par que o forçou a ficar "pianinho". Ele ainda tomou um cartão vermelho direto, em dezembro, contra o Bahia.

Quanto a cartão amarelo, o último de Gabigol se deu na vitória do Fla sobre o Santos na Vila Belmiro, no dia 30 de agosto de 2020, ainda pela 6ª rodada do Brasileiro. Na ocasião, aliás, o gol da vitória - 1 a 0 - foi marcado por ele.

SEM DESFALQUES POR SUSPENSÃO

E não é só Gabigol que chegará ao jogo contra o São Paulo, na última rodada, sem desfalcar o Flamengo por conta de cartões. O time de Rogério Ceni não terá desfalque algum por suspensão - Filipe Luís, Gustavo Henrique e João Lucas, além de Gabi, estavam pendurados.

+ Resta um! Confira e simule a tabela do Brasileiro

Agora, chegou a "hora da verdade". Pela última rodada do Brasileirão, o Flamengo encara o São Paulo, nesta quinta-feira, às 21h30, no Morumbi. Com a vitória de ontem, o Rubro-Negro chegou à liderança, onde está com vantagem de dois pontos.

Em tempo: no mesmo horário, o Internacional, segundo colocado, recebe o Corinthians no Beira-Rio.