Cúpula do futebol do Palmeiras cai após derrota para Flamengo

Folhapress
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 31.10.2019 - O técnico Mano Menezes e o diretor de futebol Alexandre Mattos (D), ambos do Palmeiras, durante treinamento na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco/Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 1823390
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 31.10.2019 - O técnico Mano Menezes e o diretor de futebol Alexandre Mattos (D), ambos do Palmeiras, durante treinamento na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco/Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 1823390

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na reedição do duelo que derrubou Luiz Felipe Scolari, então técnico do Palmeiras, o Flamengo voltou a vencer o time alviverde, dessa vez por 3 a 1, e provocou também a queda do substituto de Felipão, Mano Menezes. A diferença é que o revés deste domingo (1º) causou ainda a saída do diretor de futebol Alexandre Mattos, o responsável pelas contratações no clube.

Na agremiação desde 2015, o dirigente deixa o cargo tendo contratado oito treinadores e mais de 60 atletas. No período, o Palmeiras ganhou dois Brasileiros (2016 e 2018) e a Copa do Brasil de 2015.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Este foi o terceiro revés seguido e o quinto jogo sem vitória de Mano na equipe. No total, o técnico teve 11 triunfos, 5 empates e 4 derrotas em 20 jogos, um aproveitamento de 63,3% --semelhante ao de Felipão (69,7% em 76 jogos).

"O ciclo hoje se encerra. O Palmeiras pensa agora num modelo diferente para o próximo ano, uma forma diferente de ver o futebol", disse o presidente Maurício Galiotte.

Ele também tem sido criticado pela torcida. A principal reclamação é de que a equipe alviverde poderia render mais pelo dinheiro gasto no elenco. O Flamengo, por exemplo, com investimento semelhante, obteve mais resultados.

Os reforços da equipe rubro-negra para este ano jogaram o triplo de minutos e marcaram o quíntuplo de gols que os contratados pelo Palmeiras.

Além disso, o Flamengo foi campeão do Brasileiro e da Libertadores neste ano, enquanto o Palmeiras, em que pese dois títulos do Nacional nas últimas quatro temporadas, não conseguiu bons resultados no torneio continental.

O último jogo da dupla Mano e Mattos no comando do Palmeiras, aconteceu em um clima melancólico. O gol de De Arrascaeta, ainda aos 4 min do primeiro tempo, ajudou a esfriar o ânimo dos 22.219 palmeirenses que foram ao Allianz Parque --capaz de receber cerca de 55 mil pessoas.

Os torcedores flamenguistas não puderam comparecer à partida após a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) acatar um pedido do Ministério Público de São Paulo.

O órgão protocolou a requisição com base em um relatório da Polícia Militar (PM) que avaliava como grande o risco de possíveis confrontos entre palmeirenses e flamenguistas.

Antes e depois da partida, os jogadores do Flamengo aplaudiram simbolicamente o vazio setor onde costuma ficar a torcida visitante no estádio.

A exclusividade a torcedores alviverdes nas arquibancadas não evitou, no entanto, que a PM precisasse atuar no decorrer do jogo.

Durante a transmissão do jogo na TV, câmeras flagraram o momento em que agentes do estado tiveram que conter torcedores palmeirenses. Posicionados atrás do banco de Mano Menezes, eles protestavam contra o treinador.

As imagens também mostraram policiais retirando um torcedor das arquibancadas após o árbitro apitar o fim do primeiro tempo, som que veio acompanhado de vaias.

Nessa altura o placar já mostrava vantagem de 2 a 0 para o Flamengo. Gabriel havia feito o segundo, aos 46 min.

Ele também fez o terceiro, após erro de Vitor Hugo na saída de bola, no início do segundo tempo. Depois disso, um assento quebrado foi arremessado para dentro do gramado por torcedores palmeirenses na arquibancada do Allianz Parque, cena que também foi flagrada pela transmissão de televisão.

Com os dois gols, Gabriel chegou a 24 neste Brasileiro, e se tornou o maior artilheiro de uma só edição do campeonato com 20 clubes, ultrapassando Borges (2011) e Jonas (2010), que tinham 23.

Matheus Fernandes fez o gol palmeirense aos 39 min.

Já campeão, o Flamengo recebe o Avaí na próxima quinta-feira (5). O Palmeiras joga contra o Goiás no mesmo dia.

Leia também