Câmeras de vídeo captam morte de jogador de futsal argentino no Rio

No último domingo, dia 26, o jogador argentino de futsal, Matias Sebastián Carena, de 28 anos, foi assassinado durante uma briga no Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira, o programa Jornal Hoje, da TV Globo, divulgou imagens da exata hora em que o jovem é agredido pelo ex-integrante do grupo de pagode Karametade, Toddy Cantuária, que está foragido da polícia.

No vídeo é possível ver claramente Carena tentando correr quando é atingido por um forte soco de Cantuária em seu rosto. Com o impacto, o argentino caiu no chão e bateu a cabeça em um degrau de uma loja, perdendo os sentidos na hora. O jovem ainda foi agredido com chutes e golpes de muleta antes de seus amigos conseguirem segurar os agressores. A necropsia feita constatou morte por traumatismo craniano.

Com prisão temporária decretada pelo crime, Cantuária agora é considerado foragido internacional, já que, segundo a polícia, o músico pegou um avião para Madri, na Espanha. Segundo a matéria do G1, o delegado Rodrigo Brand já relatou à Interpol sobre a fuga de Valterson.

Além do ex-integrante do grupo de pagode Karametade, os outros suspeitos da agressão são Pedro Henrique Marciano, conhecido como PH, Júlio Cesar Oliveira Godinho e Thiago Noroes Lessa Silva.

Jogador de futsal de um clube do bairro de Boedo, em Buenos Aires, capital argentina, Matias estava de férias no Rio de Janeiro e voltaria para seu país no mesmo dia 26.