Cátia Oliveira e Bruna Alexandre vencem, vão à semi do tênis de mesa e garantem pódio nas Paralimpíadas

·2 minuto de leitura


O Brasil já garantiu ao menos duas medalha nos tênis de mesa dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, agora resta saber a cor. Nesta sexta-feira, Cátia Oliveira foi à semifinal da classe 1 e 2, ao bater a italiana Giada Rossi por 3 sets a 0, assim como Bruna Alexandre, que passou pela chinesa Yu Tzu Lin na classe 10. Como não há disputa de terceiro lugar na modalidade, as brasileiras já tem no mínimo o bronze.

+ Brasil leva bronze no revezamento 4x50m misto, e Daniel Dias alcança a 27ª medalha em Jogos Paralímpicos

Cátia agora disputa a semifinal contra a sul-coreana Su Yeon Seo. Em caso de vitória, disputará o ouro; se derrotada, fica com o bronze. Quem também venceu foi Paulo Sergio Salmin, que na classe 7 masculina bateu o croata Pavao Jozic, por 3 sets a 2. Contudo, nas oitavas de final, o brasileiro caiu para o alemão Bjoern Schnake, por 3 sets a 0.

+ Jovane Guissone conquista a medalha de prata nos Jogos Paralímpicos

Também na classe 7, Israel Stroh venceu o australiano Jake Ballestrino por 3 sets a 0, e garantiu o primeiro lugar no grupo E. Na classe 3, David Andrade caiu nas oitavas para o francês Florian Merrien, enquanto Joyce de Oliveira, da classe 4 feminina, foi eliminada pela indiana Bhavinaben Patel.

Na classe 9, Danielle Rauen caiu na fase de grupos ao ser derrotada pela chinesa Xiong Guiyan, assim como Leticia Rodrigues, que perdeu para a chinesa Wenjua Huang, na categoria 8. Millena dos Santos, da classe 7, foi eliminada pela coreana Seongok Kim por 3 sets a 0. Carlos Carbinatti também deu adeus à competição ao perder Krisztian Gardos por 3 sets a 1.

Classes do tênis de mesa paralímpico:
​1 a 5 - cadeirantes
6 a 10 - andantes
​11 - andantes deficientes intelectuais
*Quanto maior o número da classe, menor o comprometimento físico-motor do atleta

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos