Cássio festeja seu melhor ano e elege defesa mais difícil: 'A do Diego Souza'

Lance!Press

Cássio fez pelo menos três grandes defesas na decisão do Mundial de Clubes, contra o Chelsea (ING), neste domingo, e foi eleito o melhor jogador da competição. Mesmo assim, continua achando que o lance mais emblemático do 'melhor ano de sua vida' foi nas quartas de final da Libertadores, quando evitou gol quase certo de Diego Souza.

- Acho que a do Diego Souza (foi a mais difícil). Foi um jogo difícil. Aqui também, se saísse atrás seria difícil reverter, mas vamos continuar com a do Diego Souza - sorriu o arqueiro, em entrevista ao Sportv.

Corinthians e Vasco empatavam sem gols no Pacaembu quando Alessandro perdeu a bola para Diego Souza, que disparou livre e só parou na grande defesa de Cássio. Depois, Paulinho garantiria a vitória por 1 a 0 e a classificação à semifinal. Diante do Chelsea, a intervenção mais complicada, segundo o goleiro, foi em chute colocado de Moses, ainda no primeiro tempo.

- Foi difícil, eu não vi a bola sair. É sempre difícil quando você não vê, mas consegui usar minha envergadura - acrescentou ele, que salvou o Timão com a um leve desvio.

Contratado no início da temporada, vindo do PSV (HOL), Cássio era o terceiro goleiro do time até Julio Cesar falhar nas quartas de final do Paulistão, contra a Ponte Preta, e ser barrado. Alçado direto à condição de titular, ele se destacou no título da Libertadores e se consagrou no Mundial.

- Espero que sejam as primeiras (conquistas) de muitas. É meu primeiro ano na volta ao Brasil, o melhor ano da minha vida, com certeza. Espero continuar honrando essa camisa - disse o jogador, que fez questão de dividir os prêmios individuais com os colegas.

- Não é comum, mas sempre falo que tenho de fazer minha parte. Evitando os gols, acabei ganhando. Mas esse prêmio não é só meu, é de todo o grupo: é do Julio (Cesar), do Danilo (Fernandes), do Mauri (Lima, preparador de goleiros), do Mateus (Caldeira, goleiro promovido da base), que ficou lá no Brasil. Foi um trabalho muito duro. Ganhei o prêmio, mas todos merecem - completou.

Exibir comentários (0)
  • Conselheiros do São Paulo aprovam contas, apesar de déficit gigante

    A semana decisiva do São Paulo começou com vitória do grupo de Carlos Miguel Aidar. O presidente tricolor conseguiu aprovar as contas de 2014 em reunião tensa no Conselho Deliberativo, realizada na noite desta segunda-feira, no salão nobre do Morumbi. Detalhe: o déficit tricolor na temporada passada foi de R$ 100 milhões, pior resultado na história do clube. Mais »

    Blog do Jorge Nicola - 48 minutos atrás
  • Halep sofre no segundo set, mas vence Pennetta e avança em Miami

    Após surpreender e conquistar o título em Indian Wells, Simona Halep segue avançando no Aberto de Miami. Na noite desta segunda-feira, a número 3 do mundo precisou suar no segundo set, mas conseguiu vencer a italiana Flavia Pennetta (28ª no ranking da WTA) por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, e avançou às quartas de final do torneio. Mais »

    Gazeta Press - 2 horas 24 minutos atrás
  • Jamaica decide no primeiro tempo e supera Cuba em amistoso

    Após superar a Venezuela de maneira surpreendente, a seleção da Jamaica conseguiu mais um triunfo. Na noite desta segunda-feira, os reggae boys não tomaram conhecimento de Cuba e venceram por 3 a 0, com gols de Gordon, Parkes e Mattocks - todos no primeiro tempo. O duelo foi disputado no Montego Bay Sports Complex. Mais »

    Gazeta Press - 2 horas 25 minutos atrás
  • Coluna de segunda

    Coluna de segunda

    Blog do Jorge Nicola - 2 horas 32 minutos atrás
  • Hawks voltam a vencer contra Bucks e mantêm domínio na Conferência Leste

    Líder da Conferência Leste, o Atlanta Hawks voltou a vencer na noite desta sexta-feira. A equipe superou o Milwaukee Bucks por 101 a 88 em casa e chegou à sua 56ª vitória na NBA. Com grande atuação de Demarre Carroll, a equipe dominou o placar desde o início e se recuperou da derrota sofrida para o Charlotte Hornets no último sábado. Mais »

    Gazeta Press - 2 horas 41 minutos atrás