Cássio acredita que não falhou no gol feito pelo Racing contra Corinthians

Gabriel Carneiro

Aos 28 minutos do segundo tempo, Lisandro López chutou e Cássio espalmou a bola para o lado. Ela foi direto para o pé de Triverio, que estava completamente livre dentro da área para sentenciar o empate por 1 a 1 entre Corinthians e Racing, em Itaquera, nesta quarta-feira. Mas o goleiro acredita que não errou no lance.

- Não acho que falhei. Foi uma bola cruzada, difícil. Se eu tivesse espalmado para frente, ou curta, mas foi longa. Não tenho problema de falar quando erro, mas não vejo isso - disse Cássio, analisando a jogada como mais uma em que o time argentino impôs dificuldade.

Ao longo do segundo tempo, o Racing ocupou o campo do Corinthians e deu trabalho ao time de Fábio Carille. Na visão de Cásso, o lance que resultou no gol da equipe argentina foi mais um exemplo desses problemas que os adversários causaram na casa alvinegra depois do intervalo.

- É difícil. Eles começaram a triangular, tentamos cortar e não conseguimos. Tiveram sorte, rodaram a bola e ela sobrou para o cara no meio. Temos de melhorar, temos essa sequência para evoluir e não dar chance ao adversário - prosseguiu Cássio.

Com o empate por 1 a 1 desta noite, o Corinthians precisa vencer ou alcançar uma igualdade por dois gols ou mais no jogo de volta, na quarta-feira, na Argentina, para avançar às quartas de final da Copa Sul-Americana. O Racing avança com vitória ou 0 a 0, por ter feito gol fora de casa. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.







E MAIS: