Buscando primeira vitória no hexagonal final, Brasil encara a Venezuela

Após abrir 2 a 0 e ceder empate para o Paraguai, a Seleção Brasileira volta a campo nesta sexta-feira, às 22h15 (de Brasília), para medir forças com a Venezuela no Estádio El Teniente, em Rancágua, no Chile, pela segunda rodada do hexagonal final do Campeonato Sul-Americano sub-17. O Brasil soma apenas um ponto e vai precisar se impor diante de um adversário que vem de derrota de 1 a 0 para os anfitriões chilenos.

Carlos Amadeu, técnico do Brasil, pediu um pouco mais de equilíbrio aos jogadores de sua equipe para que eles reencontrem o caminho das vitórias.

“Estamos falando de garotos e é normal que aconteçam coisas como vimos contra o Paraguai, onde teve um empate que reputo como derrota. Pelo que apresentamos, poderíamos ter vencido na estreia, mas agora precisamos buscar de qualquer maneira os três pontos para ficarmos em situação um pouco mais confortável. A Venezuela tem um bom time, que brigou de igual para igual com o Chile e vai nos dar trabalho”, disse o treinador.

Apesar de não confirmar a escalação da Seleção Brasileira, o treinador deverá mandar a campo: Gabriel Brasão, Wesley, Vitão, Lucas Halter e Weverson; Victor Bobsin, Alan e Marcos Antônio; Paulinho, Lincoln e Vinícius Júnior.

Antes do jogo do Brasil mais duas partidas movimentam a rodada em Rancágua. O Paraguai também busca a primeira vitória, a partir das 17h45 (de Brasília), enfrentando o Equador, que lidera o hexagonal final após bater a Colômbia por 2 a 1. Chilenos e colombianos duelam a partir das 20h (de Brasília).

Leia também