Bundesliga, Espanha e Itália mostram para Flamengo e outros: treinar agora é loucura

Goal.com

Enquanto a escalada de contaminados e mortos em decorrência do novo coronavírus só aumenta no Brasil, parte do futebol brasileiro insiste em voltar à ativa. No Rio Grande do Sul, Grêmio e Internacional já voltaram a treinar. No Rio de Janeiro, o Flamengo é o maior defensor do retorno às atividades. A comparação com o que acontece na Europa mostra o quanto esta pode ser uma ideia equivocada.

Na última quarta-feira (06), o Rubro-Negro realizou exames de Covid-19 em 293 pessoas – entre atletas, funcionários e pessoas ligadas a estes. Trinta e oito testaram positivo, sendo três jogadores (além de outros dois atletas que já tiveram contato anterior com o vírus). Nos últimos dias, o clube ainda perdeu o massagista Jorginho, figura querida que trabalhava há mais de 40 anos no Flamengo e foi vitimado pela Covid-19.

Se compararmos com a Europa, o número de futebolistas do Flamengo com o novo coronavírus é próximo ao visto no Valencia, que teve cinco infectados no auge da curva de contaminação na Espanha – país que contabiliza quase 26 mil mortos, liderando em número de óbitos no Velho Continente.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na mesma Itália que protagonizou cenas fortes na batalha contra a Covid-19, a Juventus teve três atletas infectados, o mesmo número diagnosticado hoje pelo Flamengo. Segundo noticiado pelo Corriere dello Sport, Cristiano Ronaldo citou este número de contaminações, fazendo menção ao argentino Paulo Dybala, para explicar por que ficaria mais tempo na Ilha da Madeira, em Portugal. O atacante só foi voltar para Turim recentemente.

Mas é o gráfico de mortes e novos casos diários que mostra o quanto a ideia de voltar aos treinos no Brasil é, no mínimo, insensível.

Coronavirus Brasil 07 05 2020
Coronavirus Brasil 07 05 2020
Gráfico de casos confirmados só aumenta no Brasil (Fonte: OMS)

Enquanto por aqui ainda estamos na escalada ascendente, com número cada vez maior por dia, os gráficos de Itália e Espanha mostram queda. O Barcelona ainda não voltou a treinar, mas já se movimenta para tal.

Coronavirus Alemanha, Italia, Espanha 07 05 2020
Coronavirus Alemanha, Italia, Espanha 07 05 2020
Gráficos mostram queda nos casos confirmados na Espanha, Itália e Alemanha (Foto: OMS)

A Alemanha, grande exemplo positivo de combate à Covid-19 na Europa, já definiu o retorno da Bundesliga, o Campeonato Alemão, para o próximo sábado (16). Os times já treinam há mais tempo, mesmo que alguns tenham diagnosticado alguns atletas com o novo coronavírus – os mantendo também em isolamento. Mas só tomou todas estas decisões após o período de alta de contágio e mortes.

E é justamente nesta alta do número de contágios e mortes no Brasil que alguns de nossos clubes já treinam, enquanto outros insistem para voltarem, também, às atividades.

Leia também