Bueno supera estrelas do Santos para ser 'cara da classificação' no Paulista

Gabriela Brino e Russel Dias

Pela primeira vez Lucas Lima e Ricardo Oliveira estarão juntos em um jogo fora de casa no Paulistão nesta temporada. Depois de todos os desencontros, a dupla finalmente terá a chance de comandar o Peixe em uma vitória, neste sábado, contra o Santo André, no ABC Paulista, às 15h, mas não é por causa dele que o Alvinegro tem grandes chances de se classificar antecipadamente.

O comandante das vitórias do Santos tem sido outro: Vitor Bueno. O camisa 7 traz na bagagem quatro gols nas cinco vitórias do Peixe no Paulistão. Só não ajudou na goleada sobre o São Bernardo porque não esteve em campo

Porém, o "marujo" santista não tem só alegrias para contar histórias. Nem sempre o mar foi calmo para o dono da Vila Belmiro no Paulista. Até chegar na liderança do Grupo D, o Peixe teve muitos icebergs pelo caminho. Para Vitor Bueno, uma ponta foi quase vital.

Diante do Palmeiras, a derrota mais amarga do Santos no ano, de virada, em casa, o camisa 7 teve a chance de abrir o placar, mas errou o chute sem goleiro e em baixo da trave.

A recuperação veio na última rodada, contra o São Bento. Depois de muito sufoco, foi dos pés dele que saiu o primeiro gol da vitória de 2 a 0 e o alívio

- Eu errei um gol inacreditável na partida contra o Palmeiras, que eu não poderia errar. Eu ficaria muito chateado se eu fosse torcedor e o jogador do meu time errasse aquele gol. Pô, eu iria querer matar ele. Por isso entendi a reação dos torcedores. Alguns vieram me apoiar e agradeço ao apoio e carinho. Vou procurar fazer o meu melhor para trazer orgulho para essa torcida maravilhosa. Vamos juntos. Tenho certeza que esse ano a conquista será grande - prevê o comandante, que avista bons horizontes para o Santos no ano.

Depois de prender em sua rede São Bento, Botafogo-SP, Red Bull e Linense, Bueno não pretende voltar de Santo André sem uma nova vítima. Resta saber se com ele, vem a classificação antecipada para a segunda fase.











E MAIS: