Bucks são multados por assédio a Antetokounmpo, jogador da própria equipe


O Milwaukee Bucks foi multado pela NBA em R$200 mil por assediar um jogador de seu próprio plantel. Trata-se do grego Giannis Antetokounmpo, principal destaque da equipe e MVP da última temporada.

A liga optou pela punição após Jon Horst, dirigente da franquia, anunciar que dará um supercontrato ao atleta, que tem vínculo com os Bucks até o fim da temporada 2020/21.

“Primeiro de tudo, a resposta por agora é que não podemos falar e negociar nada. Giannis, basicamente daqui a um ano, estará elegível para uma superextensão. Quando chegar a hora, evidentemente, será oferecida uma superextensão”, disse Horst durante uma conversa com fãs.

O supercontrato é um recurso que as equipes têm para manterem seus principais jogadores. A ferramenta permite às franquias oferecer um salário maior do que as equipes concorrentes antes mesmo do contrato do atleta em questão se encerrar. Pra isso, no entanto, ele precisa atender a alguns quesitos, como por exemplo ter conquistado o prêmio de MVP em pelo menos uma das três temporadas anteriores.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também