De Bruyne, completo contra o Real Madrid: encanta e decide pelo City

Goal.com
Pela primeira vez na Champions League, o belga fez gol e deu assistência em um mesmo jogo
Pela primeira vez na Champions League, o belga fez gol e deu assistência em um mesmo jogo

Gabriel Jesus teve, contra o Real Madrid, sua melhor exibição em Champions League, mas a vitória por 2 a 1, de virada, do Manchester City foi inspirada por um dos melhores meias do futebol atual. Kevin De Bruyne teve atuação completa nesta quarta-feira (26) e inspirou a equipe de Pep Guardiola a triunfar no duelo de ida das oitavas de final.

Flutuando pelo meio e pelos flancos, como um clássico camisa 10, o belga foi quem mais criou chances de gol (4) e ajudou o City a ter mais volume de jogo mesmo dentro do Santiago Bernabéu. E quando o 1 a 0 favorecia o Real Madrid, que havia achado um gol graças à insistência e assistência de Vinícius Júnior, De Bruyne apareceu para tirar de sua cartola o passe para Gabriel Jesus empatar já na reta final da segunda etapa.

Ainda deu tempo para converter o pênalti sofrido por Sterling, dando uma importante vantagem para o clube inglês e encerrando uma péssima sequência de erros do time desde a marca da cal. Foi o 50º gol marcado pelo meia-atacante em cinco temporadas vestindo a camisa dos Citizens e decidindo em momentos importantes. A exibição completa contra o Real Madrid é traduzida na informação de que, em jogos de Champions League, foi a primeira vez que De Bruyne fez gol e deu assistência em uma mesma partida.

Leia também: City inicia luta para reverter punição da UEFA

O jogador que cria espaços com passes, como se fosse um mágico, foi premiado com uma noite para não se esquecer. Mas não chega a ser surpresa: hoje, dentre os principais times da Europa, não há quem crie tantas oportunidades quanto Kevin De Bruyne. Seja no total (116 passes decisivos) ou com a bola em movimento (86).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também