De Bruyne brasileiro? Gabriel Pirani vira destaque em goleada do Santos na Libertadores

Lucas Humberto
·2 minuto de leitura

Desencantou? O Santos estava pressionado na noite desta terça-feira (04), quando adentrou os gramados para enfrentar o The Strongest, em jogo válido pela Copa Libertadores 2021. No entanto, o Peixe demonstrou amplo controle na partida, encerrando um jejum de vitórias que já durava cinco jogos. E não foi qualquer triunfo: o Alvinegro Praiano aplicou 5 a 0 nos fracos visitantes, fora o amplo domínio no duelo.

Marinho abriu o placar no minuto inicial do jogo. Gabriel Pirani, Vinícius Balieiro, Lucas Braga e Kevin Malthus sacramentaram o resultado. Grande parte das jogadas foi construída pelo lado esquerdo e Jean Mota, amplamente criticado em jogos passados, teve atuação destacada na faixa central do campo.

Santos venceu sua primeira partida na Libertadores. | Alexandre Schneider/Getty Images
Santos venceu sua primeira partida na Libertadores. | Alexandre Schneider/Getty Images

Contudo, ninguém foi tão lembrado pelos torcedores como Gabriel Pirani, meia-atacante de apenas 19 anos, que anotou seu gol e deixou uma assistência. Estamos testemunhando o surgimento de um novo Menino da Vila? Se depender dos fãs santistas, sim. Teve até comparação arrojada nas redes sociais:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em entrevista concedida após o duelo, Marinho destacou a importância da atuação coletiva: "O mais importante é o resultado. O importante é toda equipe fazer um jogo consistente para todo mundo aparecer coletivamente e não só eu. Todo mundo aparece. Eu acho que foi uma partida muito boa de cada um. A gente tem se dedicado muito, sabemos que a situação não é das melhores mas é só o trabalho que vai mudar isso. Continuo trabalhando. As críticas vêm não pra te parar, mas pra te impulsionar. Glorifico a Deus pelo jogo e pelo gol. É bom voltar a marcar".

Essa foi a primeira vitória do Santos na Copa Libertadores. Com o resultado, a equipe aparece na 3ª colocação do Grupo C e soma três pontos. O Alvinegro Praiano volta a campo pela competição na próxima terça-feira (11), diante do Boca Juniors, na Vila Belmiro.