Brusque acusa dirigente do Vila Nova de racismo, e presidente goiano afirma: 'Brasileiro está mimizento'

LANCE!
·2 minuto de leitura

O racismo voltou a ficar em evidência no mundo do futebol. Neste sábado, em Goiânia, o atacante Jefferson Renan, do Brusque, afirmou sido chamado de "macaco" por um dirigente do Vila Nova, durante um jogo pela Série C do Campeonato Brasileiro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Um boletim de ocorrência foi registrado na noite deste sábado, após o jogo, em uma delegacia de Polícia Civil de Goiânia. O dirigente Vinícius Marinari, do Conselho de Administração de Patrimônio do Vila Nova, foi o acusado de injúria racial contra Jefferson Renan.

Leia também:

- Nossa assessora de imprensa estava do lado de cá, aqui, fazendo o trabalho dela, e ela ouviu um senhor de calça preta chamando nosso atacante, Jefferson Renan, 'levanta aí, seu macaco'. Isso aí hoje no futebol não cabe mais - disse o vice-presidente do Brusque, Carlos Bento, à Rádio Sagres, de Goiânia.

- Um dirigente falou "levanta aí, seu macaco". Chamei um dirigente do Brusque. Quando fui reclamar, uma pessoa do Vila veio falar que 'eu não tinha provas para acusar'. Ali, eles já se entregaram - afirmou a assessora de imprensa do Brusque, Lara Vantzen, à Rádio Sagres.

Presidente do Vila Nova classifica caso como 'mimimi'

Na delegacia de Polícia Civil de Goiânia, o presidente do Vila Nova, Hugo Jorge Bravo, classificou a acusação como "mimimi". O mandatário do clube goiano negou as acusações e afirmou que irá processar o Brusque por calúnia e difamação.

- Brasileiro de modo geral está "mimizento". Se preocupam com coisas ridículas e se esquecem de coisas importantíssimas. Vocês vão me desculpar: racismo hoje é dinheiro. Para com isso. Coloca eu, neguinho, andando em um carro top e vê se a mulherada não vai olhar. Hoje a sociedade arrebenta quem é pobre, seja preto, branco o que for. Quem se lasca nesse país é a classe média. O futebol está acabando por causa disso: é diretor mimizento, é imprensa mimizenta, é jogador mimizento. Hoje as pessoas estão se preocupando menos com Deus e vem uma piada dessa - declarou à Rádio Bandeirantes.

O Brusque venceu o Vila Nova por 3 a 0, com dois gols de Thiago Alagoano e um de Marco Antonio. Com a vitória, a equipe catarinense chegou aos seis pontos e dorme na liderança do Grupo C. Já o Tigre, por sua vez, segue com quatro pontos e caiu para a última posição.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos