Bruno Soares perde final de duplas em Paris, mas garante liderança do ranking

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Bruno Soares esteve muito perto de conquistar mais um título neste domingo (8), mas ele o croata Mate Pavic desperdiçaram cinco match points e acabaram derrotados por 10 a 2 no super tie-break pela dupla formada pelo canadense Felix Auger e pelo polonês Hubert Hurkacz na final do Masters 1.000 de Paris, na França. Mesmo com a derrota, Bruno e Pavic, que juntos foram campeões do US Open e vice em Roland Garros vão assumir a liderança do ranking, deixando para trás Rajeev Ram e Joe Salisbury, que estavam na dianteira. No próximo domingo (15), o brasileiro e o croata vão disputar o ATP Finals, em Londres, onde as oito melhores duplas da temporada vão se enfrentar. Será o último torneio deste ano e vai definir a melhor dupla de 2020. No jogo deste domingo, após vencer o primeiro set por 6/7, Soares e Pavic tiveram o primeiro match point quando venciam o segundo por 6/5, mas não conseguiram confirmar o ponto no saque dos rivais. Já no tie-break do segundo set, Bruno Soares teve a chance de vencer o jogo em seu saque. No entanto, cometeu uma dupla falta e permitiu que a dupla adversária fechar a segunda parcial em 7/6. No super tie-break, o canadense e o polonês não deram chances a Soares e Pavic e venceram por 10 a 2.