Bruno Silva explica bolada no árbitro e expulsão: 'Consciência tranquila'

Felippe Rocha

Além de Marcelo, Bruno Silva também foi expulso na final da Taça Rio, neste domingo. Este, porém, depois do apito final, ao chutar a bola no árbitro. Já fora da semifinal do Campeonato Carioca, no próximo fim de semana, ele pode acabar pegando uma suspensão maior. Mas o volante nega que tenha acertado o árbitro propositalmente.

– O Vinícius Tanque rolou (antes do apito final) e, quando fui ajeitar, o juiz apareceu. Eu respeito a integridade física dele, não fiz com intenção. Estou com a consciência tranquila – garante.

Capitão contra o Vasco, Bruno Silva foi elogiado por Jair Ventura, que vê o volante como a representação do treinador em campo. Mas afirma que não aprovou o comportamento do meio-campista.

- Não poderia, era o meu capitão. Mas é o cara que, em termos de competitividade, é o meu espelho. Acabou que teve uma atitude que eu não vi, mas não pode (ser expulso por isso). Vou falar com ele - conclui.





E MAIS: