Bruno Henrique de 9, Pedro: quais os planos do Flamengo se perder Gabigol?

O Flamengo começou 2020 agitando o mercado com a confirmação das contratações de Pedro Rocha e Gustavo Henrique e com as negociações abertas com Thiago Maia, Michael e Pedro. Depois de um 2019 histórico, a diretoria sabe que o sarrafo está alto e quer consolidar de vez o poderio financeiro com mais títulos em campo. 

Mas nem tudo são maravilhas na Gávea. Se de um lado o canhão está voltado para boas contratações, do outro, o Flamengo ainda espera uma resposta de Gabigol. O empréstimo do camisa 9 se encerrou no dia 31 de dezembro e até o momento ele não definiu onde jogará em 2020. 

O Flamengo colocou na mesa uma proposta de compra junto à Inter de Milão. Os valores giram entre 16 e 18 milhões de euros e quatro anos de contrato para Gabigol. Internamente, a diretoria aposta em poucos interessados para seguir com o atacante.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

MAS E SE GABIGOL NÃO ACEITAR?

Artilheiro do Brasil na temporada, Gabigol nunca foi considerado um centroavante de origem por Jorge Jesus, motivo esse que fez o Flamengo tentar a contratação de Balotelli no meio do ano passado. O treinador português ainda espera pelo seu camisa 9, mesmo que Gabigol siga no clube. Por isso, o Rubro-Negro enviou uma proposta por Pedro, da Fiorentina. 

"Tem o Bruno Henrique, o Gabigol, mas não são centroavantes. Eles são, se pudesse classificar, um nove e meio. Eu quero, e isso é fundamental para os objetivos do Flamengo, ter um centroavante", disse Jorge Jesus em agosto do ano passado.

Pedro Fiorentina Serie A 11 09 2019
Pedro Fiorentina Serie A 11 09 2019

(Foto: Fiorentina / Divulgação)

Alvo do Flamengo em 2019, Pedro é considerado o centroavante de área que falta ao elenco. O cara que pode fazer o pivô e espera a bola dentro da área para finalizar. O Rubro-Negro deseja contar com o centroavante por empréstimo de um ano com passe fixado. 

Bruno Henrique na área

Bruno Henrique Flamengo Al Hilal Mundial de Clubes 17 12 2019
Bruno Henrique Flamengo Al Hilal Mundial de Clubes 17 12 2019

(Foto: Flamengo / Divulgação)

Com jogadores versáteis no elenco, Jorge Jesus conseguiu utilizar bastante a movimentação e a troca de posições, o que deu ao Rubro-Negro muita força ofensiva em 2019. Principal nome da equipe ao lado de Gabigol, Bruno Henrique pode ser uma opção dentro da área caso o camisa 9 não fique. 

Em vários jogos durante a temporada 2019, Bruno Henrique e Gabigol trocaram de posição e o camisa 27 pisou na área. O bom posicionamento e o jogo áereo são duas características que fizeram com que o atacante se adaptasse muito bem a essa posição e marcasse muitos gols: foram 35. Depois do grande ano, o Flamengo ofereceu uma renovação com bom aumento salarial para o jogador.

Insistência em Michael 

Michael Goias Fluminense Maracanã
Michael Goias Fluminense Maracanã

(Foto: Getty Images / Buda Mendes / Divulgação)

Isso explica um pouco a insistência em Michael. A revelação do Campeonato Brasileiro chamou à atenção de Jorge Jesus e o Flamengo resolveu apostar alto. O time Rubro-Negro vai desembolsar quase 8M de euros para contar com o atacante. A negociação não tem sido fácil, uma vez que o Goiás manteve postura firme e não abre mão de receber 7,5M limpo. Internamente, há expectativa de que os detalhes sejam resolvidos até o final da semana. 

A velocidade e o bom drible de Michael podem ocupar exatamente o espaço de Bruno Henrique, caso o camisa 27 seja adiantado como homem de referência. Num Flamengo onde a troca de posição e a variação tática durante o jogo são constantes, ter um jogador com essas características será fundamental e pode cair como uma luva caso Gabigol não fique no clube. 

Leia também