Bruno Henrique é absolvido no STJD e se livra de gancho de até seis jogos

LANCE!
·1 minuto de leitura


Bruno Henrique corria o risco de ser punido pela 3ª Comissão Disciplinar do STJD por conta de um lance na partida entre Flamengo e Goiás, em 13 de outubro, pelo Brasileiro. Mas foi absolvido. O atacante rubro-negro havia sido enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (praticar jogada violenta) e podia sofrer punição de um a seis jogos de suspensão.

Na ocasião, em jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão, em que o Flamengo venceu por 2 a 1 no Maracanã, Bruno Henrique acertara o rosto do volante Breno, que acabou sofrendo uma fratura no nariz após o choque.

De forma unânime, o STJD rejeitou a denúncia oferecida por promotoria e Goiás. Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do Fla, contou mais detalhes da decisão em seu perfil no Twitter, na manhã desta quarta-feira:

- A denúncia da promotoria e do Goiás foi rejeitada, e Bruno Henrique foi absolvido por unanimidade. O tribunal tecnicamente disse que, tendo árbitro e VAR, não cabe modificar decisões de campo. No mérito, que não houve intenção de lesionar. Bruno é um atleta tecnicamente primário.

> Confira e simule o Campeonato Brasileiro

Portanto, com Bruno Henrique à disposição, o Flamengo volta a campo neste domingo, às 18h15, para enfrentar o Bahia, no Maracanã. O duelo será válido pela 26ª rodada do Brasileirão.