Bruno Gomes é condenado a um jogo de suspensão. Poderia voltar ao Vasco, mas não viaja a Curitiba

·1 minuto de leitura


O volante Bruno Gomes está liberado para voltar ao time do Vasco. Julgado nesta segunda-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão contra o Cruzeiro, o meio-campista pegou pena de um jogo, já cumprido. Assim, o risco de ele ser desfalque contra o Coritiba por este motivo não existe mais. Só que ainda assim ele não viaja ao Paraná.

O jogo contra a equipe paranaense, pela Série B do Campeonato Brasileiro, é nesta terça-feira. Assim como foi na última sexta, contra o Sampaio Corrêa, quando ele também tinha condições de jogo, a comissão técnica optou por preservar o jogador do planejamento para a partida. O julgamento ocorreu paralelamente à finalização dos treinamentos e direcionamento ao aeroporto.

Após a expulsão contra o Cruzeiro, Bruno Gomes cumpriu a suspensão automática, retornou ao time, mas foi expulso com cinco minutos do jogo contra o Goiás. Ele poderia ter atuado contra a equipe maranhense.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Aos 20 anos e profissional desde o segundo semestre de 2019, Bruno é elogiado pela capacidade técnica aliada ao poder de marcação. Por outro lado, em 54 partidas como profissional, acumula 15 cartões amarelos e três vermelhos.

*Reportagem atualizada às 18h05 do dia 12 de julho de 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos