Bruno Fontes estreia na Copa Brasil de Vela nesta segunda

Principal competição nacional reúne os melhores velejadores do país em Porto Alegre. Evento define Equipe Brasileira de Vela

Após chegar a disputa da Medal Race na Copa do Mundo de Vela de Miami, que marcou o iniciou do novo ciclo olímpico, o velejador Bruno Fontes inicia, nesta segunda-feira, sua campanha na IV Copa Brasil de Vela, principal competição do calendário nacional e que define a Equipe Brasileira para a temporada 2017. Competindo na classe Laser, Bruno Fontes terá pela frente fortes adversários, como Alex Veeren, companheiro de treinos em Florianópolis e atual campeão brasileiro da classe.

- Ter chegado até a Medal Race em Miami me deu bastante confiança no meu retorno as competições. O último ciclo olímpico foi muito intenso, mas estou bem focado para mais esse desafio. A flotilha de Laser sempre tem uma renovação bacana e é preciso ficar bem atento aos novos velejadores. Com certeza será um campeonato bem disputado - comenta Bruno.

A IV Copa Brasil de vela acontece no Rio Grande do Sul, com sede dividida entre o Clube dos Jangadeiros e Veleiros do Sul. A cerimônia de abertura acontece nesse domingo e as regatas ocorrem de 6 a 11.

- Estou bastante otimista para a competição. Temos uma semana longa pela frente, mas eu tenho um objetivo claro de integrar a equipe olímpica. Não será uma tarefa fácil, mas estou bem preparado para encarar as regatas - afirma Bruno.

Paralelo a IV Copa Brasil de Vela acontece a II Copa Brasil de Vela Jovem, sendo uma ótima oportunidade para a nova geração ter contato com as estrelas do esporte, como Robert Scheidt (cinco vezes medalhista olímpico), Martine Grael e Kahena Kunze (campeãs olímpicas da classe 49er FX na Rio-2016), Fernanda Oliveira e Isabel Swan (medalhistas na classe 470 em Pequim-2008) e Torben Grael, coordenador-técnico da equipe brasileira de vela, dono de cinco medalhas em olimpíadas e vice-presidente da Federação Internacional de Vela.

Os vencedores do evento farão parte da Equipe Brasileira de Vela em 2017, sendo que esses atletas passam a fazer parte do plano de investimento da Confederação Brasileira de Vela para a participação nas principais competições internacionais desse ano. Os atletas passarão por análises periódicas no Programa de Desenvolvimento Individual durante todo o ciclo, até as Olimpíadas de Tóquio 2020.

A IV Copa Brasil terá disputa nas seguintes classes: RS:X (Masc e Fem.), Laser Standard, Laser Radial (Fem.), Finn, 470 (Masc e Fem.), 49er, Nacra 17 (Misto), Kitesurfe Hidrofoil Open (Tubular e Foil) e Kitesurfe Hidrofoil Amador (Tubular).











E MAIS: