Bruno Fernandes analisa Gana e põe panos quentes na situação com Cristiano Ronaldo em Portugal


Na véspera da estreia de Portugal na Copa do Mundo, Bruno Fernandes explicou sua reação com Cristiano Ronaldo no vestiário, onde o cumprimento entre os craques levantou suspeitas de um mau relacionamento entre os atletas que até ontem eram companheiros no Manchester United.

+ Humor na Copa: veja os memes do 3º dia do Mundial do Qatar

- Eu não reagi mal, apenas ri. Fiquei duas horas dentro de um avião e a minha disposição não estava tão boa como a dele. Ele tem o avião dele, desta vez não pude vir com ele e tive de vir num voo normal. Para ele era para rir, para mim não - afirmou o meia.

Bruno fez questão de assegurar que a rescisão contratual de CR7 com o United não afeta o foco do atacante para o Mundial no Qatar, e admitiu que Cristiano não o comunicou sobre a decisão em deixar o clube inglês onde atuavam juntos.

- Essas questões sempre mexem com os jogadores, mais com os que estão envolvidos. Mas todos sabemos o que significa para ele representar a Seleção – ele já disse que um dos títulos mais importantes que conquistou foi a Euro-2016 por Portugal. O foco sempre esteve lá. Se não fossem estas notícias seriam outras, porque sempre se fala de Ronaldo - ponderou.

O meia destacou a convivência com Cristiano Ronaldo e ressaltou a importância de respeitar a decisão dele em rescindir o contrato com o Manchester United.

- Não me sinto desconfortável nem tenho de escolher lados. É uma honra representar a seleção com o Cristiano, e jogarmos no mesmo clube foi um sonho. Nunca escondi que o Cristiano foi um dos meus ídolos. Todos sabemos que nada dura para sempre. Para mim foi ótimo, foi bom enquanto durou. Infelizmente, o Cristiano tomou agora outra decisão para a sua vida e carreira e é preciso ser respeitada

+ Veja tabela e simule os jogos da fase de grupos da Copa do Mundo

Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo
Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo

Bruno e CR7 eram companheiros no United (Foto: Reprodução/Twitter)

ESTREIA CONTRA GANA

Assim como em 2014, Gana volta a estar no caminho de Portugal em uma Copa do Mundo. Bruno Fernandes pregou respeito com a seleção africana e insistiu que as polêmicas envolvendo Cristiano Ronaldo não afetam a equipe.

- Sabemos que é uma equipa muito intensa, com grande qualidade e jogadores que jogam em grandes campeonatos. Jogadores fortes fisicamente, rápidos, e que fazem boas atuações nestas competições. Espero que o técnico me dê a receita para fazer o meu papel da melhor maneira para sairmos vencedores - ponderou.

- Vai ser um jogo muito difícil, é o primeiro, todos querem entrar a ganhar. O que o Cristiano disse não tem impacto algum. O nosso foco é a seleção e fazer o nosso melhor amanhã - concluiu o meia.

Contra Gana, Bruno Fernandes irá completar 50 jogos pela seleção portuguesa.