Prefeito de São Paulo anuncia rodízio de carros mais restritivo e vigente até aos finais de semana para evitar 'lockdown'

Yahoo Notícias
Foto: Fabio Vieira/FotoRua/NurPhoto via Getty Images
Foto: Fabio Vieira/FotoRua/NurPhoto via Getty Images

A prefeitura de São Paulo vai limitar a circulação de carros na cidade utilizando um rodízio mais restritivo. A medida foi anunciada na manhã desta quinta-feira (7) pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. Os níveis de isolamento social na capital paulista tem registrado queda, chegando a 48%.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Momentos extremos exigem medidas extremas", afirmou Covas em entrevista coletiva.

Leia também

O novo rodízio passa a valer a partir de segunda-feira (11). Carros com placas de final par só poderão rodar em dias pares e veículos com final ímpar, nos dias ímpares. A medida vale para toda a cidade, durante 24 horas, inclusive sábados e domingos.

"Essa é uma medida necessária para a gente evite ter que decretar o lockdown na cidade de São Paulo, alertou o prefeito.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A capital paulista registra 1.910 mortos e o número de óbitos segue uma crescente. Já são também mais de 23 mil casos.

Com o isolamento social em queda, a prefeitura tenta conter o avanço da pandemia. Outra medida tomada pela gestão Covas é o aumento no número da frota de ônibus na cidade, para evitar que veículos do transporte público transitem lotados.

"A partir de segunda-feira (11), teremos mil ônibus acrescentados na rede municipal de transporte e mais 600 que ficarão nos bolsões, para caso a SPtrans observe a necessidade, eles sejam incrementados", informou o tucano.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também