Bruno 'Blindado' recebe suspensão de dois anos após falha em teste antidoping, diz site

Bruno 'Blindado' recebe suspensão de dois anos após falha em teste antidoping, diz site
Bruno 'Blindado' recebe suspensão de dois anos após falha em teste antidoping, diz site

Bruno ‘Blindado’ recebeu uma suspensão de dois anos pela USADA (agência antidoping americana) depois de testar positivo para o uso do esteróide boldenona. O exame foi realizado antes da luta do atleta contra Deron Winn, que estava marcada para junho de 2019. Dessa maneira, o lutador foi retirado deste compromisso e não fez sua estreia no UFC. A informação foi confirmada pelo site ‘MMA Fighting’.

O empresário do atleta, Bernardo Serale, revelou a punição do brasileiro, mas adiantou que a equipe de Bruno já vai iniciar o trabalho em sua defesa para provar sua inocência. Porém, não deu detalhes deste processo.

A USADA ainda não se manifestou oficialmente sobre a punição do brasileiro. De acordo com a entidade, ‘Blindado’ havia sido testado dez vezes desde que assinou com o Ultimate. Caso a punição se mantenha, o peso-médio (84 kg) só estará apto para pisar no octógono em 2021, já que a punição conta com o período retroativo à realização do exame.

Bruno ‘Blindado’ estava em uma sequência positiva de quatro lutas até assinar com o UFC. O brasileiro havia sido campeão dos médios do evento M-1, na Rússia. Sua última apresentação aconteceu em novembro de 2018, quando derrotou Artem Frolov, por nocaute técnico no quarto round.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também