Bruninho visita Seleção Brasileira, conhece Neymar e fala ao L!: 'Emoção sem explicação'

·2 min de leitura


O sábado (13) foi mais um dia especial para o garoto Bruninho, hostilizado por torcedores do Santos durante o clássico contra o Palmeiras, no último domingo (7), ao pedir uma camisa para o goleiro palmeirense Jailson. O menino foi até o CT do Palmeiras, na Barra Funda, acompanhar o treino da Seleção Brasileira e conheceu o atacante Neymar Júnior, seu ídolo.

Na última quarta-feira (10), o técnico da Seleção, Tite, já havia feito um convite público a Bruno, durante entrevista coletiva. O garoto foi a Neo Química Arena acompanhar a partida entre Brasil e Colômbia na última quinta-feira (11), mas foi no treinamento deste fim de semana que pôde conhecer os seus ídolos.

Ao sair do centro de treinamento, Bruninho falou com exclusividade com a reportagem do LANCE!, que estava na porta da Academia de Futebol e entrevistou o garoto e o pai dele, Moisés Nascimento.

- Foi uma emoção tão grande, que é sem explicação. Abracei muito, chorei muito, abracei muito ele (Neymar). Emoção sem explicação - disse Bruninho ao L!.

- É fora do comum, fora da realidade. Nem se eu vivesse 10 mil anos acho que poderia proporcionar para ele tudo o que aconteceu em uma semana. Acho que nem se eu vivesse 20 milhões de anos eu faria isso para ele como pai. Não tem o que falar, muito grande o amor, a emoção, o carinho que tiveram como o meu filho, e agora somos fãs número um de cada um - afirmou Moisés.

O pai de Bruninho conta que foram pego de surpresa com o contato de Neymar, a ponto de nem estarem com as câmeras ativadas para registrar o momento.

- A gente estava conversando, de costas, e ele apareceu nas nossas costas. Não tem explicação. O celular não estava nem pronto para tirar uma foto. A gente estava olhando para uma porta e ele veio por trás - afirmou Moisés.

Carreira como jogador

Em janeiro, Bruninho irá se apresentar ao time sub-9 do Santos, após ser classificado em uma peneira do clube. Ao LANCE!, o garoto já projetou a sua carreira como atleta profissional.

- Vestir a camisa do meu time de coração é tipo assim legal, porque eu vou vestir a camisa do meu time de coração, vou jogar pelo meu time de coração e espero conquistar muitas coisas pelo meu time de coração. O meu sonho é jogar no Santos e ser jogador da Seleção Brasileira - disse o menino.

Após o ocorrido no último fim de semana, Bruninho foi acolhido pela comunidade do futebol brasileiro, recebendo mensagens de carinho de atletas do Santos, de outras equipes e até mesmo do Rei do Futebol, Pelé.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos