Brooks comemora luta com 'Do Bronx': "Traz o melhor de mim"

Will Brooks enfrentará Charles Do Bronks no UFC 210 - Diego Ribas

Ex-campeão do Bellator e dono de um cartel impressionante (18 vitórias e duas derrotas), Will Brooks chegou ao Ultimate como um candidato a se tornar estrela do maior torneio de MMA do mundo. No entanto, a derrota na última luta para Alex ‘Caubói’ esfriou um pouco os ânimos do norte-americano. Sua chance de se recuperar será neste sábado (8), no UFC 210, diante do também brasileiro Charles ‘Do Bronx’.

E Brooks está bastante feliz com o casamento da sua luta. Tudo porque, na visão do norte-americano, Charles é um lutador acima da média e que, consequentemente, eleva o nível dos seus combates para o patamar mais alto possível.

“Eu tive problemas com lutar com atletas de nível menor. Se tem um cara que sinto ou as pessoas acham que ‘bem, ele não está no nível do Will’, então eu tendo a descer ao nível deles”, afirmou o americano ao canal ‘Fox Sports’.

“Então, ter um cara como [Charles] Oliveira, que virá em alto nível e vai estar me empurrando para cima, isso traz o melhor de mim. Eu volto a um dos maiores exemplos de minha carreira. A luta da minha carreira é contra o Michael Chandles. Ele é um dos melhores caras que eu já lutei na carreira e acredito que esse tipo de cara traz o melhor de mim”, completou.

Apesar de sequer figurar entre os 15 melhores da divisão dos leves (70 kg), Will Brooks é bastante confiante no seu potencial. Prova disso é que o americano não tem medo nenhum em falar que se imagina campeão do Ultimate no futuro.

“Estou muito confiante que serei campeão dos leves em algum momento. Talvez não seja na semana que vem ou na outra, mas vai acontecer. Apenas sei isso. Sinto nos meus ossos”, sentenciou.

A luta principal do UFC 210 será entre Daniel Cormier e Anthony Johnson. O duelo é válido pelo cinturão dos meio-pesados (93 kg).