Briga de torcida pode virar esporte na Rússia

Russos brigam durante a Eurocopa, na França, em 2016. (Foto: AP)

Brigas de torcida não são um fenômeno social apenas do Brasil. Na Rússia, um deputado resolveu ‘criar’ uma solução para as excessivas confusões entre fãs no país.

Igor Lebedev pretende transformar os combates dessas agremiações em uma modalidade esportiva. “A Rússia seria a pioneira nesse novo esporte. Os torcedores chegariam, por exemplo, e começariam a escolher suas lutas. Posteriormente eles obteriam a resposta e, com o desafio aceito, haveria um encontro em um estádio em um horário específico”, disse em entrevista à agência AP.

O deputado sugere que cada torcida monte uma “equipe” composta por 20 pessoas para se enfrentarem em uma luta. Essa seria, segundo ele, uma maneira de canalizar a agressividade dos torcedores.

Um dos últimos casos de brigas envolvendo torcedores russos aconteceu em 2016, durante a Eurocopa, quando vinte deles foram deportados da França, por brigarem contra ingleses antes de uma partida entre as duas seleções, em Marselha. O confronto causou 35 feridos e 20 prisões. Casos como esses levantam preocupações sobre a Copa do Mundo, que será realizada na Rússia, em 2018.