Brazilian FS 8: João Alicate finaliza mais um, mas falha na balança impede título

·2 min de leitura
Alicate venceu, mas não levou cinturão (Foto: Cassiano Correia/Brazilian FS)


João Alicate foi o herói e vilão de sua própria história na 8ª edição do Brazilian Fighting Series, realizada nesse sábado, em Curitiba. O peso-mosca precisou de apenas 31 segundos para pegar o braço de Mateus Gabriel na disputa de cinturão da categoria, mas foi impedido de levar o título por ter estourado o peso em 1,8kg no dia anterior.

“Sinto muito por não ter trazido o cinturão para casa! Cometi um erro e assumo, mas não cabe a ninguém julgar, pois cada um é um universo diferente e lutamos batalhas diárias", publicou Alicate em sua conta no instagram. “Independente do equívoco com o peso, mostrei que estou em outro nível!", frisou o lutador.

Essa foi a terceira luta de João Alicate no Brazilian FS. Nas duas anteriores, curiosamente, foram os adversários que falharam no peso. Balança à parte, o atleta da equipe de Gile Ribeiro alcançou a 17ª vitória em 22 lutas na carreira. Vale destacar que 11 desses triunfos foram por finalização.

No combate que antecedeu a luta principal, Richard Jacobi manteve a invencibilidade ao nocautear o experiente Rodrigo Dragão ainda no primeiro round em duelo válido pelos pesos pesados. Além de ampliar o seu retrospecto para seis vitórias em seis lutas, Richard ainda vingou seu professor, Edicarlos Monstro, derrotado por Dragão em 2009.

O Brazilian Fighting Series 8 manteve a média de lutas definidas de forma rápida. Dos 10 combates, apenas um precisou ser decidido pelos jurados. Cinco acabaram com nocautes; quatro, por finalização; e seis lutas foram encerradas ainda no primeiro round. A 9ª edição do Brazilian FS acontece já no próximo domingo, dia 24, no Rio de Janeiro.

Brazilian Fighting Series 8
16 de Abril
Striker’s House, Curitiba, PR


João Alicate finalizou Matheus Gabriel com um armlock aos 0:31 do R1
Richard Jacobi venceu Rodrigo Dragão por nocaute técnico aos 3:30 do R1
Lerryan Douglas venceu Luan Juruna por nocaute técnico aos 3:53 do R2
Alisson Murilo finalizou Junior Assis com um katagatame aos 3:53 do R1
Brunno Hulk venceu Well Mutante por nocaute técnico aos 4:40 do R1
Jairo Mumuzinho finalizou Rafael Sonic com um armlock aos 4:32 do R2
Leonardo Diniz venceu Jeferson Santos por nocaute aos 0:31 do R1
Wellington Ratinho venceu Jeferson Pereira por decisão unânime
Geovanna Moura venceu Paula Elétrica por nocaute técnico aos 3:12 do R1
Rafael Bipolar finalizou Guilherme Cena com um katagatame aos 3:10 do R2

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos