Braz, Landim, Filipe Luís... Confira as declarações dos convidados na 'Live do Mengão'


Rodolfo Landim, Marcos Braz, Filipe Luís, Willian Arão, Olivinha... Vários foram os convidados da "Live do Mengão" neste domingo, evento realizado pelo Flamengo no Estádio do Maracanã para arrecadar doações para o projeto SOS Favela. Confira as principais participações dos convidados rubro-negros abaixo.

O primeiro convidado foi o presidente Rodolfo Landim, que conversou com os apresentadores Glenda Kozlowski Marcello Melo. Além de ressaltar as ações sociais promovidas pelo clube durante a pandemia do coronavírus, Landim fez questão de agradecer à torcida do Flamengo, em especial os sócios-torcedores.

- Um grande abraço a todos sócios-torcedores do Flamengo. Agradecer muito pela compreensão que eles vêm tendo, por isso minha despedida final para eles. Estão ajudando muito, com suas contribuições, a mantermos esse plantel maravilhoso que vai, com certeza, nos trazer bons resultados esse ano - disse.

Durante toda a "Live do Mengão", poderão ser doados qualquer valor, em dinheiro, para o SOS Favela, projeto capitaneado pelo Viva Rio, através de um QR code na tela. O Flamengo é parceiro oficial da ação e já entregou cestas básicas, álcool gel e máscaras, em mais de 40 comunidades do Rio de Janeiro.





Willian Arão, meia do Flamengo:

"Você está em um clube grande, ganhando bem, você pode ser cobrado sim. É entender essa cobrança, saber do seu potencial. Todos os jogadores que estão no Flamengo hoje foram escolhidos a dedo."

"O Mister transformou o nosso time, transformou até parte do clube. Com ele por mais um ano, que a gente conquiste os títulos que estão por vir."



Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo:

"Sobre vestiário não tem manual, livro, você que ter experiencia, sensibilidade, saber ouvir muito. Num ambiente de 30, 40 pessoas, tem que ter respeito. Tem que ter cobrança, alegria e respeito."

Filipe Luís, lateral-esquerdo do Flamengo:

"Eu e o Rafinha temos que lutar por uma vaga no time, hoje não está fácil ser titular no Flamengo. Nem no Real Madrid e no Barcelona tiram o couro como aqui. Aqui você é exigido até o seu maior esforço sempre."


Leia também