Braz e Spindel ficarão em Portugal por mais dias na busca pelo novo técnico do Flamengo

·1 min de leitura
Braz, à esquerda, e Spindel, à direita, buscam o novo técnico do Flamengo na Europa (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)


A busca do Flamengo pelo novo treinador terá mais capítulos em Portugal. O VP de futebol do clube, Marcos Braz, e o diretor executivo da pasta, Bruno Spindel, trocaram as passagens de volta ao Brasil e refizeram as reservas no hotel para ficar em Lisboa, pelo menos, até o dia 30 de dezembro. A informação foi dada pelo site "ge".

> Bap responde se existe possibilidade do Flamengo virar SAF

Spindel e Braz partiram do Brasil no sábado e no domingo, respectivamente. Desde então, deram início as reuniões com os candidatos - e os representantes dos candidatos - ao cargo de treinador do Flamengo.

O primeiro entrevistado para o cargo foi Paulo Sousa, atual técnico da Polônia. O Rubro-Negro já foi avisado de que um desligamento da seleção não será um impeditivo para assumir o Fla, e o treinador reiterou o desejo de trabalhar no futebol brasileiro (saiba detalhes).

Já na última segunda-feira, Braz e Spindel se reuniram com Afzal Sualehe, justamente o empresário do técnico Rui Vitória. Livre no mercado desde a última semana, ele somou nove vitórias, seis empates e 11 derrotas enquanto esteve à frente do Spartak Moscou-RUS. Também vale lembrar que o candidato ao cargo já trabalhou com Gabigol no Benfica, mas detonou o apelido do atacante (clique aqui e relembre).

A última novidade na saga foi o encontro dos dirigentes do Flamengo com Jorge Jesus. A informação foi confirmada pelo auxiliar do Mister, João de Deus, mas, por outro lado, ele destacou que o treinador não tem o desejo de abandonar o Benfica. Fora isso, o próprio clube português soltou uma nota em que refutava cabalmente a existência de qualquer acordo para liberar Jesus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos