Brasileiros do Wilstermann mostram confiança para encarar o Palmeiras

Em seu elenco, os bolivianos do Jorge Wilstermann contam com dois brasileiros. O mais famoso deles é o zagueiro Alex Silva, que se destacou no São Paulo e chegou à Seleção Brasileira. O outro, menos conhecido no País, é o meia Thomaz, de 30 anos, que está no clube desde 2014, sendo um dos mais queridos da torcida.

Leia mais:

Com descontração, Wilstermann conhece estrutura do Palestra Itália

Voltando a atuar onde nasceram, ambos mostraram confiança na equipe que defendem, principalmente após a goleada por 6 a 2 na estreia, diante do Peñarol, do Uruguai. Alex garantiu que o elenco acreditava na vitória, mas admitiu surpresa com o placar elástico.

“O resultado diante do Penarol surpreendeu muita gente, mas não nós jogadores. Fizemos uma excelente pré-temporada, com o Roberto Mosquera (técnico). Claro que não esperávamos 6 a 2, mas isso dá uma confiança maior”, enfatizou.

Thomaz lembrou o trabalho feito pela diretoria, que contratou jogadores com passagens por clubes importantes da América do Sul. “A diretoria fez grandes contratações, veio gente do Boca, da China, o Alex Silva, o goleiro que jogou no Colo-Colo (Olivares). Então são atletas que jogaram em grandes clubes”, elogiou.

O meia, com passagem pelo Corinthians nas categorias de base, também revelou que se naturalizou boliviano, mas ainda espera uma chance para defender a seleção do país. “Eu nacionalizei, agora vamos ver. A Fifa tem uma lei que precisa estar há um tempo no país para poder jogar”, explicou.

Silva, por sua vez, chegou ao clube no início do ano, após iniciar a pré-temporada pelo Brasiliense. O experiente jogador explicou os motivos de ter aceitado o desafio de atuar na Bolívia.

“Tinha o objetivo de sair do País, voltar a jogar a Libertadores. Mas também teve o tempo de contrato. Aqui é de um ano, eu vinha fazendo de seis em seis meses no Brasil”, afirmou o atleta, atualmente com 32 anos.

O Jorge Wilstermann encara o Palmeiras nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Palestra Itália, pela segunda rodada do grupo 5 da Libertadores. Apesar de saber da força do Verdão, Alex Silva acredita em um bom resultado para os visitantes.

“Nós sabemos que o Palmeiras é uma grande equipe, costumo colocar como o melhor plantel do futebol brasileiro. Temos que ter humildade, mas vamos jogar um bom futebol”, finalizou, confiante, o defensor.