Brasileiros se revoltam com pênalti marcado para a Inglaterra na Eurocopa; Neymar é lembrado

·2 minuto de leitura

Ao longo dos últimos anos, não foram poucos os ingleses - anônimos ou pessoas públicas do mundo da bola -, que detonaram o comportamento de Neymar por conta de seus supostos 'mergulhos' em chegadas mais fortes de adversários. Mas a roda do futebol gira muito rápido e, na noite desta quarta-feira (7), quem se beneficiou de uma bela tentativa de ludibriar a arbitragem foi a própria Inglaterra: precisou de um pênalti inexistente para vencer a Dinamarca na semifinal da Eurocopa, superando o time escandinavo após o tempo extra e garantindo vaga na grande final.

A penalidade cavada por Raheem Sterling, no primeiro tempo da prorrogação - quando o placar apontava 1 a 1 entre as seleções -, gerou revolta em torcedores brasileiros nas redes sociais, ao ponto das palavras 'roubado' e 'assalto' se tornarem, quase instantaneamente, dois dos assuntos mais comentados no Twitter. Outro termo que viralizou após a infração marcada em favor da Inglaterra foi a hashtag #GodSaveTheReferee, ou "Deus salve o árbitro", uma brincadeira com o hino britânico, "Deus salve a Rainha". Confira algumas das principais reações:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O responsável por comandar a partida entre Inglaterra e Dinamarca em Wembley foi o holandês Danny Makkelie, que assinalou a penalidade após alguns segundos de hesitação e não foi chamado pelo VAR para revisar o lance, situação que obviamente reaqueceu o debate sobre o padrão de "mínima interferência" do VAR aplicada em solo europeu.

Com erro ou não, a grande decisão da Eurocopa está definida: Inglaterra e Itália se enfrentam no próximo domingo, 11 de julho, em Wembley. Quem ficará com a taça?

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos