Brasileiros não vão à final do salto triplo em Tóquio-2020

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil teve três atletas nas qualificatórias do salto triplo nas Olimpíadas de Tóquio-2020, nesta segunda-feira (2, horário de Brasília). Nenhum deles conseguiu ficar entre os 12 melhores e avançar para a final.

A melhor marca do país na prova foi de Mateus de Sá, que saltou 16m49. Almir dos Santos fez 16m27, e Alexsandro Melo, que se queixava de dores no joelho, 15m65.

"Tive uma temporada difícil, inconstante, mas vim aqui para mudar isso. Minha graça é isso, meu palco é esse. Então quando eu venho e não consigo fazer o que espero, é difícil vir aqui e dar um sorriso e agradecer a torcida de vocês, que foi essencial. O Brasil merece mais. Não adianta chegar aqui e encontrar o que deu errado, eu preciso resolver para a próxima. Eu queria chegar na primeira olimpíada e sair com um resultado melhor. Mas o que deu foi isso", disse Almir.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos