Brasileiro tem de desviar de queda, perde tempo e não se classifica nos 1500 m

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Thiago André terminou em 13º sua eliminatória dos 1500 m nas Olimpíadas de Tóquio-2020 e não conseguiu se classificar para a semifinal, nesta segunda-feira (2, horário de Brasília).

Durante a prova, ele teve de desviar de uma queda que ocorreu à sua frente, perdeu tempo e cruzou alinha de chegada com 3m47s71.

O corredor permaneceu em isolamento nos últimos dias por ter estado próximo a uma pessoa que teve teste positivo para Covid-19, mas foi liberado para competir.

"A prova é muito dura, tem muito contato físico, ainda mais valendo classificação. Ocorreram muitos toques, tive um pisão no pé que está doendo bastante, mas não foi motivo para sair da prova. Mas na última queda, do atleta do Qatar, eu tive que sair da pista e tinha uma câmera, eu tive que parar para depois voltar, não sei se foi uma prova ou um ringue de boxe. Como não fui bem nos 800m, entrei hoje para relaxar, dar meu melhor e ganhar experiência para o próximo ciclo", disse ele.

O brasileiro havia corrido também os 800 m, em que foi eliminado na primeira classificatória.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos