Brasileiro se envolve em briga durante conquista da Copa da Rússia

Atacante Ari acabou expulso nos acréscimos após confusão em campo. Ele se explicou

Brasileiro se envolve em briga durante conquista da Copa da Rússia

Atacante Ari acabou expulso nos acréscimos após confusão em campo. Ele se explicou

O Lokomotiv Moscou conquistou nesta terça-feira o seu sétimo título da Copa da Rússia. A equipe da capital bateu o Ural por 2 a 0, na final da competição. Os gols foram marcados por Denisov e Miranchunk. No entanto, os dois times protagonizaram cenas lamentáveis na reta final da partida.

Nos acréscimos, jogadores dos dois times começaram uma briga generalizada, com socos e empurrões. O árbitro até tentou intervir, mas não teve jeito. Ele acabou expulsando dois de cada time: Farfán e o brasileiro Ari, do Lokomotiv, e Fidler e Manucharyan, do Ural.

Depois do jogo, o atacante falou sobre o ocorrido dentro de campo.

- No fim da partida estávamos segurando a bola para gastar o tempo, foi aí que o Fidler procurou confusão até atacar o Farfan pelas costas. Tirei-o de cima do meu companheiro e ele continuou agredindo. Não tive outra opção a não ser defender meus colegas de equipe e a mim mesmo. Felizmente essa confusão acabou e pudemos celebrar o título merecido - afirmou Ari, que é companheiro de Maicon Bolt no Lokomotiv:

- Jogo na Rússia há sete anos e Moscou é minha casa. Fico muito feliz de voltar a jogar por um clube da cidade e poder celebrar esse momento com mais um título na carreira. Além disso, recolocar o Lokomotiv na Liga Europa é um passo importante já pensando na próxima temporada - completou o brasileiro.







E MAIS:

Leia também